HOME

NOTÍCIAS

Carrefour lança desafio de inovação em embalagens, convocando novos fornecedores a contribuírem com propostas sustentáveis

Carrefour lança desafio de inovação em embalagens, convocando novos fornecedores a contribuírem com propostas sustentáveis

Reprodução portalamis

Com o objetivo de encontrar soluções ambientalmente sustentáveis e comercialmente viáveis para embalagens utilizadas no setor de perecíveis, o Carrefour está lançando o ‘Desafio de Embalagens Sustentáveis Carrefour’, com premiações previstas para quem apresentar materiais em substituição às bandejas de isopor, ao filme de PVC e aos sacos de polietileno (PE) usados para colocar frutas, legumes e verduras (FLV) para que sejam pesadas no caixa. O concurso está inserido no pilar de economia circular da companhia, segundo o qual tudo pode ser reaproveitado, e alinhado à gestão de resíduos e estratégias de embalagens do grupo. Além de seguir a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), do Ministério do Meio Ambiente, a companhia atua para minimizar a geração de resíduos, o impacto ambiental e aumentar a reciclabilidade das embalagens. A iniciativa está alinhada ao pilar de consumo e produção responsáveis, que é um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU), e é também um chamado para a construção conjunta. "Trabalhamos para que os materiais tenham a correta destinação, sejam reciclados e retornem para a cadeia produtiva e também para encontrar alternativas mais sustentáveis em embalagens, reduzindo o uso de plástico e de outras matérias-primas pouco amigáveis com o meio ambiente em nossa operação", avalia Lucio Vicente, Head de Sustentabilidade do Grupo Carrefour Brasil. Válido em todo o território nacional, podem concorrer ao desafio somente pessoas jurídicas domiciliadas exclusivamente nas cidades da área de abrangência e devidamente cadastradas no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica - CNPJ. Para participar, o interessado deve acessar o site https://www.carrefour.com.br/desafio-embalagens, realizar o seu cadastro e preencher o formulário, indicando em quais dos desafios pretende participar (podendo ser em todos), até o dia 22/02/2021. Posteriormente, é necessário apresentar o projeto, descrevendo a solução sustentável e comercialmente viável, anexando fotos, laudos técnicos e quaisquer outros documentos que permitam uma melhor avaliação. Os projetos ainda deverão prever a aplicabilidade às categorias de mercadorias hortifruti e grãos, açougue e peixaria, padaria e lanchonete e sacaria. As apresentações enviadas deverão seguir também uma série de diretrizes para serem elegíveis. "Essa iniciativa é um pedido de colaboração, de democratização do conhecimento, pois queremos aprimorar nossa gestão de embalagens, mas não temos todas as respostas e soluções. É importante unirmos esforços com fornecedores que já estejam desenvolvendo novos materiais, pois, assim, todos se beneficiam", analisa Marie Tarrisse, gerente de sustentabilidade do Grupo Carrefour Brasil. "Com isso, esperamos também dar espaço para que esses novos parceiros cresçam e possam levar seu trabalho para o mercado, com embalagens mais inteligentes e sustentáveis que atendam, inclusive, outras redes de supermercado", complementa. A premiação consistirá em uma comunicação e divulgação do Carrefour em conjunto com as empresas que apresentarem as melhores soluções, uma abertura para uma possível negociação comercial com a companhia e o convite para um workshop de Economia Circular. Os vencedores da promoção serão escolhidos por uma comissão julgadora que será composta por profissionais de marketing e sustentabilidade e por uma consultoria externa especializada no tema. Eles serão anunciados em até 10 dias a contar da data da apuração dos resultados - até 25/03/2021 - no site https://www.carrefour.com/desafio-embalagens. Todos os detalhes e o regulamento completo podem ser conferidos no link https://static.carrefour.com.br/imagens/desafio_sustentabilidade/files/Regulamento-Desafio-Embalagens-05-01.pdf . Foco ambiental Em linha com o movimento de transição alimentar Act for Food e com o Global Commitment, da Ellen MacArthur Foundation - do qual a Companhia é signatária - a preocupação em minimizar o impacto de sua atuação sobre o meio ambiente levou o Carrefour a adotar a meta de ter 100% das embalagens de marca própria reformuladas até 2025, tornando-as recicláveis, reutilizáveis ou aptas à compostagem. Para isso, vem trabalhando em diagnósticos de oportunidades de melhorias e em inovação, com o intuito de identificar matérias-primas que possam ser substituídas por outras mais sustentáveis. Essa frente tem sido conduzida por um Comitê criado em 2018, especificamente para tratar de embalagens da marca própria e das que são utilizadas em outros produtos, com o intuito de reduzir o uso e transformá-las. A empresa também está comprometida a diminuir o uso de plásticos nas embalagens de orgânicos, itens da padaria, frios e cafeteria e modificou o sortimento de pacotes no e-commerce e nas vendas online de itens não alimentares. Em 2019, foram substituídas 5.475.000 embalagens e produtos para materiais recicláveis e, ao longo de 2019/2020, houve uma redução de 17 toneladas de bandejas de isopor, de 1.800.000 canudos, de 350.000 mexedores de plástico e de 18.000 bandejas de plástico de ovos. Além disso, até 2025, o Grupo Carrefour pretende dar um destino ambientalmente correto a todos os resíduos gerados em loja, alcançando o status de Aterro Zero. Em 2019, as operações do Grupo Carrefour geraram 146,3 mil toneladas de resíduos, sendo que 49% foram reciclados ou seguiram para compostagem e outras finalidades. A companhia estimula ainda os consumidores a optarem pela destinação consciente de materiais, reforçando sua responsabilidade com o pós-consumo e disponibilizando 312 estações de logística reversa e 115 estações de reciclagem nas lojas da rede no país.

assessoria de imprensa Carrefour