HOME

NOTÍCIAS

Vivo Empresas é aposta do ISG para liderar a oferta do Office 365 em 2021

Vivo Empresas é aposta do ISG para liderar a oferta do Office 365 em 2021

Reprodução internet

A Vivo Empresas, segmento corporativo da Telefônica Brasil, foi reconhecida, dentro do setor, como uma das principais fornecedoras dos serviços Office 365 no País em 2020. A última divulgação do relatório da ISG - empresa líder de pesquisa de tecnologia e consultoria global - que teve um direcionamento específico para o mercado brasileiro, elegeu a empresa como Rising Star. De acordo com o relatório, este selo somente é dado a distribuidores ou fornecedores de serviços que fizeram grande progresso em seus objetivos no último ano e estão em um bom caminho para alcançar a liderança no ano seguinte. A Vivo se destaca por ser a única operadora a alcançar esse quadrante. A categoria classifica a empresa como a fornecedora com o melhor potencial para o futuro e com portfólio promissor, incluindo o roteiro necessário e foco adequado nas tendências-chave do mercado e exigências dos clientes. De acordo com a Vivo, a oferta do Office 365 não significa apenas a integração dos serviços Office Client, Exchange Online, SharePoint Online, Skype for Business ou Teams, mas ter um atendimento que agregue conhecimento em toda a jornada de digitalização dos clientes, iniciando com a conectividade móvel e fixa, e levando até a implementação de soluções como o Office 365. Para 2021, a empresa foca a liderança na oferta dos serviços Microsoft, que além do Office 365 - já consolidada - mira o reconhecimento na distribuição dos serviços em nuvem. Com a pandemia, os clientes da Vivo tiveram a empresa como a principal aliada em tecnologia para manter seus negócios funcionando remotamente. Além da conectividade, a Vivo potencializou a virtualização de empresas, migrando, integrando e gerenciando aplicações a partir do serviço de nuvem Azure. "Nossa estratégia de negócio é atuar para além de um fornecedor, mas como um parceiro que acompanha a jornada digital do cliente. Auxiliamos as empresas que buscam a digitalização com a integração do Office 365 e migração de cargas de trabalho para a nuvem", explica o head de Marketing e Produtos Digitais Corporativos da Vivo, Adriano Pereira. "As empresas brasileiras, especialmente as do mercado intermediário, querem migrar para a nuvem o mais rápido possível. Elas estão tentando reduzir o uso de data centers locais e querem investir em recursos críticos entregues com eficiência", completa Pereira. O ISG reforça que o local de trabalho moderno está mudando de um espaço físico hierárquico, centralizado no escritório, para um espaço igualitário, flexível, móvel e sempre conectado. "A Vivo lidera as telecomunicações móveis no Brasil, o que naturalmente traz à empresa muitos dos novos projetos que buscam transformação digital com migração de cargas de trabalho para a nuvem, disponibilização de ambientes produtivos que se tornaram críticos para o negócio com a implementação e integração do Office 365", diz Mauricio Ohtani, analista líder dos relatórios ISG Provider Lens no Brasil.

assessoria de imprensa Vivo