HOME

NOTÍCIAS

Mercado Livre anuncia resultados do quarto trimestre de 2020

Mercado Livre anuncia resultados do quarto trimestre de 2020

Reprodução/ facebook mercado livre

O Mercado Livre divulga seus resultados financeiros do quarto trimestre de 2020, finalizado em 31 de dezembro. "Apresentamos mais um trimestre de forte aceleração, mesmo com a reabertura do varejo físico, contribuindo para posicionar a América Latina como a região de crescimento mais acelerado do comércio online no mundo, segundo dados do e-Marketer. Em 2020, fortalecemos nossa liderança no Brasil, somando forças com os milhões de vendedores de nosso marketplace - de pequenos comerciantes a grandes varejistas e indústrias - para atuar como um motor de profissionalização e desenvolvimento econômico no País. Seguimos promovendo um ambiente de livre competição, ajudando pequenos negócios a se desenvolver e a ter acesso às mesmas ferramentas de competição que as grandes empresas possuem", afirma Stelleo Tolda, presidente de Commerce do Mercado Livre para a América Latina. "Publicamos hoje também nosso relatório anual de impacto, mostrando o desempenho da companhia nos âmbitos social, ambiental e econômico e reforçando a relevância da sustentabilidade na maneira com que conduzimos nosso negócio", complementa Stelleo. Destaques gerais de negócios: • A base de usuários únicos ativos durante o trimestre aumentou 71,3% em comparação com o mesmo período de 2019, atingindo 74 milhões. • O volume de vendas (GMV - Gross Merchandise Volume) foi de US$ 6,6 bilhões, representando um crescimento ano a ano de 69,6% em dólar e 109,7% em moeda constante - 72,1% desse valor provém de transações feitas em dispositivos móveis. • O Brasil foi um dos destaques durante o trimestre com crescimento de 84% em volume de vendas, em moeda constante, com avanço sequencial de 10 pontos percentuais contra o terceiro trimestre de 2020. • Foram vendidos 229,4 milhões de itens, o que significa um crescimento ano a ano de 109,5%. • 275,4 milhões de anúncios foram registrados em nossa plataforma. • Com Mercado Envios, 214 milhões de itens foram enviados, um aumento de 131,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. Com isso, quase 650 milhões de itens foram enviados ao longo de 2020, o que foi essencial para satisfazer as necessidades de milhões de consumidores e viabilizar a continuidade de centenas de milhares de negócios na região, em tempos particularmente difíceis. • A rede gerenciada do Mercado Envios continuou ganhando participação durante o quarto trimestre, atingindo 80% em uma base consolidada. No Brasil, a penetração da rede logística própria atingiu 79% do total das entregas no período, versus 68% do terceiro trimestre de 2020. • Em uma base consolidada, o serviço Fullfilment de Mercado Envios já atingiu 25% de penetração no Brasil. Destaques do trimestre para o Mercado Pago: • O volume total de pagamentos (TPV - Total Payment Volume) processados no trimestre foi de US$ 15,9 bilhões, um aumento ano a ano de 83,9% em dólares e 134,4% em moeda constante. • No período, foram realizadas 659,3 milhões de transações, o que representa um aumento de 131% em relação ao mesmo período do ano anterior. • O volume total de pagamentos fora da plataforma atingiu US$ 9,2 bilhões, com um crescimento ano a ano de 93,3% em dólares e 150,4% em moeda constante. Foram 501,7 milhões de pagamentos no trimestre, representando um crescimento ano a ano de 139,6%. • Os pagamentos online cresceram 142,9%, em moeda constante, em relação ao mesmo período do ano anterior, principalmente devido à expansão do número de novos usuários. • As transações por meio da carteira virtual superam os US$ 3,3 bilhões de maneira consolidada, o que implica um crescimento ano a ano de 246,9% em moeda constante. • O volume total de pagamentos processados por meio de pontos de venda "MPOS" cresceu 87,4% ano a ano em moeda constante, recuperando os níveis pré-COVID. Foi alcançada uma taxa de ativação recorde, juntamente com o crescimento das vendas das maquininhas. • A carteira do Mercado Crédito atingiu a marca de US$ 479 milhões, mais do que o dobro do mesmo período de 2019. Resultados financeiros do trimestre: • A receita líquida do quarto trimestre foi de US$ 1,3 bilhão, um aumento ano a ano de 96,9% em dólares e 148,5% em moeda constante. • A operação no Brasil representa 54% da receita líquida total da companhia, tendo alcançado US$ 720,5 milhões, crescimento de 68% em dólar e 120% em real, ano contra ano. • O lucro bruto do trimestre foi de US$ 489,0 milhões, com margem de 36,8%, ante 45,7% no mesmo trimestre do ano anterior. • O prejuízo líquido no trimestre totalizou US$ 50,6 milhões, resultando em um prejuízo líquido de US﹩ 1,02 por ação.

assessoria de imprensa Mercado Livre