HOME

NOTÍCIAS

Banco Fibra investe na automatização de cadastros para pessoa jurídica

Banco Fibra investe na automatização de cadastros para pessoa jurídica

Reprodução internet

A transformação digital vem contribuindo fortemente para a evolução do Banco Fibra nos últimos anos. Pioneira na migração de suas operações para a nuvem, a instituição reforça mais uma vez sua preocupação com o cliente por meio da adoção de mais uma inovação: o onboarding digital para pessoas jurídicas, que visa aprimorar sua experiência na ponta, bem como agilizar os negócios e processos internos. De acordo com a superintendente de clientes do Banco Fibra, Soraia Fidalgo, o onboarding digital chega para agilizar o processo de envio da documentação requerida e o preenchimento de formulários, muitas vezes enviados por e-mail ou via correios. "O cadastro de um cliente corporate é um processo com várias etapas e, muitas vezes, complexo. Exige muitos passos e documentações para seguirmos todas as exigências regulatórias e de compliance. O grande desafio era: como se adequar a este cenário e ao mesmo tempo facilitar a jornada do cliente?", indaga. Com a novidade, o cliente ganha clareza e transparência no processo, enquanto o Fibra otimiza o tempo de suas equipes. Segundo a superintendente, o cadastro é centralizado em um portal onde tanto o cliente quanto as áreas internas acessam para acompanhar o seu andamento e realizar as aprovações necessárias, trazendo agilidade, visibilidade e rapidez. Hoje o cadastro pode ser concluído em um ou dois dias. Anteriormente, a ação levava aproximadamente uma semana para ser finalizada. A nova medida também está alinhada ao plano de negócios do Banco, que passou a atender recentemente às pequenas empresas, utilizando a mesma estrutura de tecnologia e atendimento personalizado de clientes de maior porte para oferecer crédito e serviços para companhias cujo faturamento começa em R$ 360 mil por ano. "Por meio do onboarding digital, nossa meta é diminuir o tempo de entrada do cliente e, consequentemente, firmar negócios mais rapidamente e prover uma experiência melhor para os clientes", defende Soraia. Solução desenvolvida 100% in house O desenvolvimento do onboarding digital para pessoas jurídicas contou integralmente com a expertise e dedicação da equipe de tecnologia de informação do Banco Fibra, já alinhada por definição aos principais pilares da companhia em relação à excelência no atendimento ao cliente e cuidado com os dados. Para tirar o projeto do papel, foram aliadas tecnologias do mercado para integração de aplicações e automatismo nos processos. "A migração para Amazon Web Services facilitou o acesso de tecnologia que permite a escalabilidade e segurança, além de utilizar plataformas conhecidas para poupar tempo de desenvolvimento como .NET Core e o framework Angular", conta Ademir Vermelho, superintendente de TI do Banco Fibra. O executivo também chama atenção para o Onboarding como ferramenta de relacionamento, que tem início na captura automática de dados dos clientes. "Buscamos desde o início que a jornada de nosso cliente seja a melhor possível e o preenchimento automático de informações é uma das facilidades. Após o cliente enviar os dados complementares e documentos, inicia-se o processo de análise e conferência de informações. Na ausência do Onboarding Digital, esse processo é 100% manual e físico", completa. Vale lembrar que o Banco Fibra utiliza a tecnologia para conhecer e entender seus clientes, contribuindo para oferecer um atendimento ainda mais personalizado. Voltado para mercado de atacado, o Banco Fibra entrega soluções financeiras para os segmentos de empresas de grande porte, com faturamentos a partir de R$ 300 milhões; médio porte, pequenas empresas e agro há 33 anos.  

assessoria de imprensa Banco Fibra