HOME

NOTÍCIAS

Ford e Mahindra encerrarão a colaboração em todos os projetos na Índia

Ford e Mahindra encerrarão a colaboração em todos os projetos na Índia

Reprodução

A Ford Motor e a Mahindra & Mahindra não vão colaborar em nenhum projeto que tenham concordado como parte de sua joint venture abandonada na Índia, disseram as empresas. A Ford e a Mahindra propuseram uma joint venture para desenvolver pelo menos três veículos utilitários esportivos (SUVs) para a Índia e mercados emergentes, bem como compartilhar fornecedores, motores e tecnologia. O negócio, que encerraria a maioria das operações independentes da Ford na Índia, foi cancelado em 31 de dezembro. As empresas deveriam tomar uma decisão até o final de março se continuariam com todos ou alguns dos projetos em um novo relacionamento ou encerrariam todas as negociações. “Como parte do encerramento de nosso relacionamento, vários programas de produtos cooperativos não terão mais continuidade. No momento, estamos redefinindo o escopo desses programas de produtos ”, disse um porta-voz da Ford Índia em um comunicado na quinta-feira. A Ford disse anteriormente que suas operações independentes na Índia continuarão. Rajesh Jejurikar, diretor executivo da Mahindra, disse à Reuters na noite de quarta-feira que “neste momento não há planos para continuar em qualquer um dos projetos”. A Ford, com sede em Michigan, entrou na Índia há 25 anos, mas tem apenas 2% do mercado dominado pela Suzuki Motor e pela extensa linha de carros de baixo custo da Hyundai Motor . A parceria com a Mahindra teria permitido à Ford lançar novos veículos mais rápido e com custos reduzidos com menor investimento, disseram funcionários da empresa e analistas anteriormente. As duas montadoras planejaram vários projetos juntos, incluindo um SUV de médio porte a ser construído em 2022 pela Mahindra em sua plataforma de veículo e usando seu trem de força. Para dois outros SUVs nos quais a Ford estava trabalhando para lançamento em 2023 e 2024, o plano era usar os motores da Mahindra. A Ford agora precisará encontrar outro fornecedor ou investir na atualização de seus próprios motores, disseram fontes. Executivos da Ford disseram em várias ocasiões que a empresa está explorando todas as opções em relação aos seus negócios na Índia. Por CNBC

Redação