HOME

NOTÍCIAS

Stratasys conecta impressoras 3D à operações do chão de fábrica e softwares corporativos

Stratasys conecta impressoras 3D à operações do chão de fábrica e softwares corporativos

Divulgação

A líder em impressão 3D Stratasys Ltd. anuncia um novo programa para integrar suas impressoras 3D aos ambientes de produção com o chão de fábrica por meio do GrabCAD® SDK. Cada pacote de desenvolvimento de software inclui um conjunto completo de interfaces de programação, documentação e exemplos de código que permitem aos parceiros de desenvolvimento e clientes de manufatura estabelecerem conectividade bidirecional entre as impressoras 3D Stratasys FDM® e aplicações corporativas. Além disso, o novo programa oferece aos clientes a capacidade de integrar, gerenciar e oferecer suporte à manufatura aditiva para a impressão de peças de uso final. A Stratasys já oferecia suporte ao MTConnect, um protocolo padrão da indústria que permite aos clientes comunicarem dados de fábrica. Embora funcione para a coleta dados de execução, esse padrão não suporta recursos adicionais para enviar e receber comandos da impressora e nem oferece monitoramento remoto. À medida que as empresas aumentam seus investimentos em iniciativas da Indústria 4.0, a Stratasys agora atende à necessidade de integração bidirecional mais sofisticada. Dentre os parceiros que integram o programa do GrabCAD SDK estão a Link3D, líder em software de sistema de execução de produção e fluxo de trabalho aditivo, e a Identify3D, que fornece software para segurança, controle de uso e rastreabilidade de dados de projeto e manufatura em toda a cadeia de fornecimento digital. "A transformação da Internet das Coisas Industrial (IIoT) avança à medida que os fabricantes líderes buscam adotar uma forma de operação mais digital e ágil", afirma Greg Gorbach, vice-presidente de Digitalização e IoT do ARC Advisory Group. "No coração da IIoT estão os dados e a conectividade. Para que a impressão 3D atinja todo o seu potencial no chão de fábrica, as empresas precisam de uma maneira fácil, segura e escalonável para integrar os sistemas de manufatura aditiva às iniciativas da Indústria 4.0 em ambientes de produção." A conectividade aprimorada das APIs pode abrir a porta para novos modelos de negócios, como permitir que as companhias aéreas, licenciadas pelas empresas aeroespaciais, imprimam em 3D, elas mesmas, suas próprias peças de reposição. Da mesma forma, fabricantes globais poderiam tomar decisões imediatas com mais facilidade sobre onde produzir peças em diferentes locais por meio de software automatizado, integrado a redes globais de impressoras 3D. Um exemplo disso foi a utilização, em 2020, do software de fluxo de trabalho baseado em nuvem, essencial para que a Coalisão COVID da Stratasys pudesse produzir 250.000 protetores faciais em mais de 100 parceiros. "A manufatura aditiva permite que quase tudo seja fabricado em praticamente qualquer lugar rapidamente. É o tipo de agilidade que nossos clientes precisam para uma cadeia de suprimentos disruptiva", comenta Dick Anderson, vice-presidente sênior de Manufatura da Stratasys. "A Stratasys está comprometida em permitir a integração total com a fábrica inteligente para dar aos nossos clientes os benefícios de velocidade e agilidade que apenas a manufatura aditiva pode oferecer." Os dois primeiros pacotes SDK já disponíveis permitem que os clientes e parceiros se integrem ao software GrabCAD Print e aos sistemas de manufatura Stratasys, incluindo F900, Fortus 450mc e as impressoras 3D da Série F123. O pacote de conectividade integra as impressoras Stratasys a aplicativos empresariais, como ERP, PLM, gerenciamento de direitos digitais e sistemas MES para permitir a automação, coleta e análise de dados de produção. Já o pacote PLM integra GrabCAD Print com PLM vaulting e gerenciamento de arquivos para agilizar o fluxo de trabalho de programação.

assessoria de imprensa Stratasys