HOME

NOTÍCIAS

PepsiCo,Fundação PepsiCo, Banco Interamericano de Desenvolvimento e BID Lab ampliam parceria

PepsiCo,Fundação PepsiCo, Banco Interamericano de Desenvolvimento e BID Lab ampliam parceria

fauxels no Pexels

A PepsiCo, a Fundação PepsiCo, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e seu laboratório para a inovação BID Lab assinaram um novo memorando de entendimento ampliando sua parceria público-privada até 2026 para colocar em prática programas que impulsionem o crescimento social e econômico na América Latina e no Caribe. Com esta assinatura, serão 19 anos de trabalho conjunto. Para esta nova etapa, o investimento da PepsiCo e da sua Fundação Global é de aproximadamente US$ 6 milhões, que serão destinados a projetos a serem implementados nos próximos 5 anos e que estão direcionados a fornecer soluções em quatro áreas de interesse mútuo: acesso à água, reciclagem inclusiva, agricultura sustentável e recuperação econômica. Todos os programas darão especial atenção ao empoderamento das mulheres. Durante a assinatura virtual, Ramón Laguarta, CEO e diretor-geral do Conselho de Administração da PepsiCo, disse: "A parceria que construímos com o BID foi fundamental para impactar positivamente a vida de 19 milhões de pessoas na América Latina e no Caribe, investindo US$ 17 milhões ao longo de 14 anos consecutivos nas áreas de água e saneamento, nutrição, agricultura sustentável, reciclagem inclusiva e apoio em caso de desastres naturais. Hoje, a PepsiCo reafirma o seu compromisso com a América Latina e com o BID para alcançar mais beneficiários durante os próximos cinco anos". De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), na América Latina e no Caribe, 4,5 milhões de mulheres são produtoras agrícolas que ganham 24% menos do que os homens e têm menos acesso à propriedade de terras. O trabalho das mulheres na agricultura não só é menos remunerado do que o dos homens, como também é menos valorizado. Pesquisas mostram que se as mulheres agricultoras tivessem o mesmo acesso aos recursos que os homens, elas poderiam aumentar as colheitas das suas terras entre 20% e 30%, reduzindo potencialmente em 150 milhões o número de pessoas com fome no mundo. A PepsiCo, uma companhia agroindustrial, acredita firmemente que oferecer melhores condições às mulheres no campo não só aumenta a produtividade do setor, mas também é fundamental para um sistema alimentar mais sustentável, gerador de desenvolvimento social. É por isso que a PepsiCo investe continuamente em programas direcionados a mulheres, que oferecem capacitação, suporte técnico e melhor acesso a créditos. Agora, como parte da ampliação dessa parceria, o BID Lab e a PepsiCo apresentaram o Fundo para a Agricultura da Próxima Geração, cujo objetivo é identificar os desafios relacionados às questões de gênero dentro das cadeias de suprimento de batata da PepsiCo, inicialmente em três países - República Dominicana, Equador e Guatemala. O programa, cuja duração será de três anos, contribuirá para melhorar a resiliência e a sustentabilidade das cadeias de suprimento nestes três países. Por sua vez, Paula Santilli, CEO da PepsiCo América Latina, destacou: "A PepsiCo, como empresa agroindustrial, tem testemunhado que a participação das mulheres no campo e em toda a nossa cadeia de valor é a chave para alcançar um sistema alimentar sustentável. Acreditamos que a inclusão das mulheres no agro é fundamental, pois trará benefícios a elas, suas famílias e suas comunidades. Sua inserção no mercado de trabalho será crucial para reativar a economia e o crescimento da nossa região. Foi assim que criamos o Fundo para a Agricultura da Próxima Geração, onde a PepsiCo e o BID vão investir US$ 2 milhões para pesquisar e tomar medidas para reforçar o papel das mulheres como parceiras estratégicas na nossa cadeia de suprimento de batata". Entre os projetos que foram realizados em conjunto neste período, se destacam: • Na área de água e saneamento: o HydroBid e o AquaFund, para promover a segurança hídrica regionalmente, conseguindo facilitar ou melhorar o acesso à água potável a mais de 15 milhões de pessoas desde 2011. • O Hydro BID é uma ferramenta de inovação tecnológica e gerenciamento de dados que permite identificar potencial escassez ou excesso de água a fim de melhorar a tomada de decisões locais e prevenir secas ou enchentes. Com o apoio da Fundação PepsiCo, o HydroBid foi utilizado em 12 países, incluindo Argentina, Brasil, Colômbia, Equador, Guatemala, México, Peru e República Dominicana. • O Aquafund foi implementado na Colômbia, no México, no Peru e em Honduras a fim de levar água potável a comunidades rurais de difícil acesso. • Na área de reciclagem: a plataforma LatitudR, por meio da qual a PepsiCo trabalha em conjunto com atores públicos e privados em 12 países da região para criar as condições necessárias de inclusão para os recicladores de base que trabalham na gestão de resíduos sólidos e fazem parte da cadeia de valor da reciclagem. Até o momento, mais de 19 mil recicladores já foram beneficiados. • Na área de nutrição: a iniciativa SPOON, que intervém de forma inovadora e integral para reduzir simultaneamente a desnutrição e o risco de obesidade em crianças de 0 a 24 meses que vivem em áreas de alta pobreza na Guatemala, beneficiou até hoje 974 crianças. "Tenho o prazer de anunciar o reforço da parceria com a PepsiCo e também o lançamento do Fundo para a Agricultura da Nova Geração. A nossa colaboração com a PepsiCo reflete o compromisso do BID de trabalhar com parceiros estratégicos em questões prioritárias para a região, tais como o acesso à água, o desenvolvimento rural e a participação das mulheres na cadeia de valor agrícola. Ao trabalhar com o setor privado, podemos desenvolver soluções novas e criativas que beneficiam diretamente as comunidades locais e as mulheres da nossa região", disse Mauricio Claver-Carone, presidente do BID.

assessoria de imprensa PepsiCo