HOME

NOTÍCIAS

Sumup compra empresa chilena e expande operação na América Latina

Sumup compra empresa chilena e expande operação na América Latina

Imagem de Obsahovka por Pixabay

A SumUp, fintech de meios de pagamento, anunciou no dia 2 de setembro, a compra de toda operação do Compraquí, uma das principais processadoras de pagamento do Chile, mantida em parceria com o BancoEstado, principal banco público da região. Além de expandir a presença global da startup, o investimento transfere para a carteira da companhia mais de 80 mil clientes. Para Carlos Grieco, Diretor de Marketing e Expansão da SumUp, a aquisição dá continuidade à estratégia de expansão global da fintech, que já está presente em 31 países, incluindo Alemanha e Estados Unidos. "Estamos muito felizes com mais essa conquista. O Chile é o segundo país que entramos na América Latina e pretendemos crescer ainda mais." Aponta Grieco. No mercado Chileno desde 2017, a SumUp foi uma das propulsoras do negócio de meios de pagamento no país, mas há muito a ser explorado segundo Grieco. "No Brasil, 60% dos micronegócios ainda não aceitam pagamentos em débito ou crédito. No Chile, somam-se mais de um milhão de microempreendedores sem aceitar cartão. Ou seja, há muitos comerciantes que deixam de vender seus produtos e serviços. Está no DNA da SumUp impulsionar esse setor e não será diferente agora." Finaliza o executivo. Nos últimos anos, a SumUp vem expandindo sua presença global. Hoje está presente em três continentes e possui mais de 2 milhões de clientes. Em 2019, a empresa superou uma receita anual de € 200 milhões globalmente. Com a aquisição, espera-se que o faturamento da empresa aumente este ano, mesmo com a crise ocasionada pelo novo coronavírus, e que os planos de expansão tragam novidades em breve.

assessoria de imprensa