HOME

NOTÍCIAS

UE e o Reino Unido retomam negociações comerciais

UE e o Reino Unido retomam negociações comerciais

AFP

Negociadores da UE e da Grã-Bretanha esperam por um avanço nas negociações comerciais nesta semana, apesar da briga sobre um polêmico projeto de lei do Reino Unido que ameaça arruinar um acordo pós-Brexit. Dezenas de funcionários planejaram se reunir em Bruxelas a partir de segunda-feira em esforços para chegar a um acordo sobre posições de negociação que não mudaram em áreas-chave desde que as negociações sobre relações futuras começaram, seis meses atrás. Londres e Bruxelas dizem que um acordo sobre um acordo de livre comércio deve ser fechado até meados de outubro para permitir que ele seja ratificado antes de entrar em vigor em 1º de janeiro do próximo ano. Caso contrário, o comércio seria conduzido de acordo com as regras da Organização Mundial do Comércio, com tarifas e cotas mais altas e certamente um caos econômico para a Grã-Bretanha e a Europa. Os negociadores-chefes Michel Barnier e David Frost do Reino Unido se encontraram na semana passada para preparar a rodada de negociações, em reuniões que Londres caracterizou como "construtivas". Diplomatas europeus permaneceram cautelosos quanto à possibilidade de um avanço, vendo essa rodada de reuniões como uma base necessária para um impulso final no final de outubro. "Na próxima semana, um caminho para um acordo deve ser identificado", disse uma fonte da UE. "Se tivermos movimento zero, o processo terá grandes problemas." As capitais da UE ficaram indignadas com a decisão de Johnson de aprovar uma Lei do Mercado Interno em seu próprio parlamento, que seu próprio governo admite que violaria a lei internacional ao substituir o tratado de retirada. Bruxelas pretende iniciar uma ação legal contra a medida, mas decidiu continuar as negociações sobre um acordo comercial quando o projeto for aprovado na Câmara dos Comuns e na Câmara dos Lordes.

Da Redação