HOME

NOTÍCIAS

Natura anuncia apoio à campanha global para redefinição do Capitalismo

Natura anuncia apoio à campanha global para redefinição do Capitalismo

Foto: depositphotos

A Natura anuncia apoio à campanha Imperative 21 que visa mobilizar o empresariado e a sociedade em prol da redefinição do capitalismo. O movimento foi lançado globalmente B Lab, The B Team, o CECP (Chief Executive for Corporate Purpose), Conscious Capitalism, Coalition for Inclusive Capitalism e Just Capital. A iniciativa visa atingir mais de 72 mil empresas em 80 países. No Brasil, a coalizão é formada pelo Sistema B (braço do B Lab na América Latina) e Instituto Capitalismo Consciente Brasil, com apoio da Rede Brasil do Pacto Global e Instituto Ethos. Inspirada pelo Manifesto de Davos, o movimento global se baseia em três pilares de atuação: design para uma economia de interdependência; investimentos para que toda a cadeia produtiva seja mais justa e criação de valor para todos os stakeholders. A Imperative 21 reforça que somente a soma de todos pode gerar uma sociedade melhor. Para apoiar organizações a contribuírem para a criação desse novo modelo de capitalismo, a iniciativa também oferecerá ferramentas em seu site http://www.imperative21.com.br . A mobilização inclui ainda campanhas que propõem novas definições clássicas do capitalismo: salário mínimo, por exemplo, se transforma em salário justo e as imagens serão espalhadas em grandes centros urbanos pelo mundo. Recentemente, a Natura se comprometeu com metas de impacto positivo que devem ser cumpridas em um prazo de dez anos. As ações fazem parte da Visão 2030 - Compromisso com a Vida desenvolvido pelo grupo Natura &Co - que reúne as marcas Avon, Natura, The Body Shop e Aesop. Entre as metas, estão atingir zero emissões líquidas de carbono em toda cadeia produtiva; ampliar sua contribuição para a conservação da floresta amazônica (atualmente de 1.8 milhão de hectares para 3 milhões de hectares); implementar um modelo econômico circular focado em regeneração; garantir 100% de materiais reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis; compensar 100% da quantidade equivalente de embalagem onde a infraestrutura de reciclagem não existir; usar 95% de ingredientes renováveis e fórmulas biodegradáveis; e incentivo à pesquisa e desenvolvimento de mais soluções regenerativas. "Ao anunciar apoio ao movimento Imperative 21, buscamos incentivar que mais empresas entendam a importância de promover impacto positivo pelo seu modelo de negócios. O futuro que deixaremos para nossas famílias será influenciado pelas decisões que tomarmos hoje. Direcionar os propósitos da empresa para além de gerar lucro é fundamental neste caminho.", afirma Andrea Alvares, vice-presidente de marca, inovação, internacionalização e sustentabilidade da Natura. "A crise socioeconômica e ambiental que vivemos hoje é diretamente influenciada por um sistema exploratório que prioriza o lucro e a acumulação de capital. É um modelo produtivo e de relações empresariais que está em colapso e precisa ser revisto. Precisamos pensar em que sociedade gostaríamos de viver e nos unir para que as mudanças aconteçam, assumindo o protagonismo dessas ações. Com a Imperative 21, nos unimos na missão compartilhada de munir os líderes com os princípios de liderança do século 21 para guiarem as mudanças de forma consistente", afirma Francine Lemos, Diretora Executiva do Sistema B.

Assessoria de imprensa Natura