HOME

NOTÍCIAS

Empresa Ola, concorrente do Uber é banido em Londres

Empresa Ola, concorrente do Uber é banido em Londres

Imagem Pixabay

A Ola, um aplicativo de carona que compete com o Uber, foi banido pelo regulador de transporte de Londres por questões de segurança pública. A empresa indiana, que é apoiada pela gigante japonesa de tecnologia SoftBank, lançou seu aplicativo em Londres em fevereiro. No entanto, a Transport for London (TfL) disse no domingo que se recusou a conceder a Ola uma nova licença de operador depois de concluir que não é “adequado” para ter uma. A decisão foi tomada uma semana depois de o Uber vencer uma batalha judicial que lhe permitiu continuar operando em Londres, após uma longa rivalidade com a TfL sobre seu próprio recorde de segurança. O TfL disse que a Ola permitiu que motoristas e veículos sem licença realizassem mais de 1.000 viagens de passageiros e que não sinalizou imediatamente as violações. Helen Chapman, diretora de licenciamento, regulamentação e cobrança do TfL, disse em um comunicado: “Nosso dever como regulador é garantir a segurança dos passageiros. Por meio de nossas investigações, descobrimos que falhas no modelo operacional de Ola levaram ao uso de motoristas e veículos sem licença em mais de 1.000 viagens de passageiros, o que pode ter colocado a segurança dos passageiros em risco ”. Já a empresa Ola, disse que planeja apelar da decisão do TfL, através de uma medida que significaria que o aplicativo pode continuar operando. “Na Ola, nosso princípio básico é trabalhar em estreita colaboração, de forma colaborativa e transparente com reguladores como a TfL. Trabalhamos com o TfL durante o período de revisão e procuramos fornecer garantias e abordar as questões levantadas de maneira aberta e transparente. ” Disse Marc Rozendal, diretor administrativo da Ola no Reino Unido, através de um comunicado. “Ola aproveitará a oportunidade para apelar desta decisão e, ao fazê-lo, nossos motoristas podem ter a certeza de que continuaremos a operar normalmente, fornecendo mobilidade segura e confiável para Londres.”

Da Redação