HOME

NOTÍCIAS

Em 9 meses de operação, BitcoinBack já movimentou R$5 milhões em pedidos

Em 9 meses de operação, BitcoinBack já movimentou R$5 milhões em pedidos

Imagem de MichaelWuensch por Pixabay

Completando 9 meses de operação, a BitcoinBack, sistema de cashback da BitcoinTrade, acumula movimentação de R$5 milhões em pedidos abertos. Criado em 2019, o sistema que funciona no esquema de cashback, ou seja, quando o cliente realiza uma compra em uma loja, ele recebe parte do dinheiro gasto de volta em bitcoins, já conta com mais de 15 mil clientes cadastrados, 3 milhões de produtos comprados e crescimento de 200% no número médio de cadastros mensais. Marcas como Americanas, Submarino, Netshoes, Carrefour, Kabum, Casas Bahia, Ponto Frio, Extra e mais de 300 parceiros fazem parte do portfólio BitcoinBack, que tem como objetivo aproximar o público, que já conhece o mercado de criptomoedas, dando a possibilidade de investir e acumular bitcoin de forma indireta, além de conquistar novos investidores. O sistema disponibiliza até 35% do valor em cashback aos clientes e saque mínimo de R$25,00 em bitcoins, para qualquer carteira virtual. O ritmo de crescimento já era bom, mas a pandemia acelerou ainda mais os números da BitcoinBack. Os pedidos vindos de drogarias aumentarem 110%, a partir de março, mês inicial do isolamento social. Desde então o crescimento na demanda por essas lojas e produtos cresceu, com grande ênfase nos artigos para higiene e limpeza como álcool gel com aumento de 87% nos pedidos; suplementos de vitamina C (mais de 53%) e máscaras descartáveis (mais de 350%). "No início da pandemia, vimos alguns parceiros serem afetados pela falta de consumo, mas logo que o isolamento se firmou e o boom pelos itens como álcool em gel e máscara aconteceu, a retomada das vendas veio de forma forte e constante, aumentando o quadro de clientes e quantidade de compras" pontua Rodrigo Malta, CEO da BitcoinBack. "Além disso, a rápida retomada do Bitcoin perante outros ativos, foi um chamariz para o BitcoinBack", complementa. Outro setor que também teve um crescimento relevante de vendas foi o de produtos para montar um escritório em casa. Itens como fone de ouvido (representou mais de 150% das compras), monitores em geral (mais de 100%), cadeiras (mais de 70%) e acessórios para computador como webcam, teclado e mouse tiveram um aumento de 50% das vendas. "Entendemos que o cashback se tornou algo vantajoso para o cliente, já que ele gastaria de qualquer forma comprando online e ainda possui o benefício de receber de volta uma parte do valor. Com o isolamento social, as pessoas estão comprando mais pela internet, não só produtos de saúde, mas de tecnologia, móveis para se adequarem ao home office", finaliza.

assessoria de imprensa BitcoinTrade