Credítos: Divulgação
Mercado Livre anuncia resultados do segundo trimestre de 2021
O Mercado Livre (Nasdaq: MELI) - empresa líder em tecnologia para o e-commerce e serviços financeiros da América Latina - divulgou hoje seus resultados financeiros referentes ao segundo trimestre de 2021, finalizado em 30 de junho. "A equipe do Mercado Livre alcançou mais um trimestre de forte crescimento tantos nos negócios de e-commerce como de serviços financeiros, atingindo níveis recordes em volume e receita. Esse desempenho se construiu a partir de um sólido primeiro trimestre que tivemos neste ano", afirmou Stelleo Tolda, presidente de Commerce do Mercado Livre. "Acreditamos que nosso negócio está apresentando um impulso significativo, mesmo com o fechamentos de varejo físico, e impactando positivamente para a retomada econômica da América Latina. A inovação, a velocidade de execução e a experiência do usuário, que está no centro de tudo o que fazemos, seguem fazendo a diferença", acrescentou. Destaques gerais de negócios: • A base de usuários únicos ativos durante o trimestre aumentou 47,4% em comparação com o mesmo período de 2020, atingindo 75,9 milhões. • O volume de vendas (GMV) foi de US$ 7,0 bilhões, representando um crescimento ano a ano de 39,2% em dólar e de 46,1% em moeda constante - 73,4% desse valor provém de transações feitas em dispositivos móveis, que cresceram 218,2% em comparação com o segundo trimestre do ano passado. • Somente o Brasil cresceu mais de 40% em volume de vendas, em moeda constante, na comparação com 2020, com mais de 125 milhões de itens vendidos neste trimestre. • Destaque para a contribuição da recente parceria com o Grupo Pão de Açúcar e da entrega no mesmo dia - que, ao manter o atual ritmo de crescimento, pode vir a representar quase 20% dos CEPs do Brasil. • Foram vendidos 244,6 milhões de itens, o que significa um crescimento ano a ano de 37% na América Latina. • 319,1 milhões de anúncios foram registrados em nossa plataforma. • Com Mercado Envios, 230,5 milhões de itens foram enviados, aumento de 46,4% em relação ao mesmo período do ano anterior - no Brasil, os envios via rede gerenciada atingiram 86% da operação, sendo mais de 29% via fulfillment. • Três dos principais mercados da companhia - Brasil, Argentina e México - foram listados dentre os cinco principais mercados de crescimento globalmente, segundo a última pesquisa 2021 da eMarketer. As soluções logísticas seguem propiciando prazos de entrega cada vez melhores nesses países. Destaques do trimestre para o Mercado Pago: • O volume total de pagamentos (TPV) via Mercado Pago atingiu US$ 17,5 bilhões, crescimento de 56,3%, em dólar, e de 72,2% em moeda constante. Já o valor total transacionado (TPN) no período cresceu 80,3%, ano contra ano, atingindo 729,9 milhões no segundo trimestre. • O volume total de pagamentos via Mercado Pago fora da plataforma do Mercado Livre atingiu US$ 10,3 bilhões, crescimento de 70,5% em dólar e de 93,5% em moeda constante. Já o número de transações de pagamento atingiu 556,0 milhões, crescimento de 101,6% na mesma comparação anual. • O volume de pagamentos (TPV) online cresceu 67,2% em moeda constante, também na comparação com o mesmo período de 2020, com forte contribuição do Brasil, Argentina e Chile. • Pagamentos processados por meio das maquininhas de cartão Point aceleraram o crescimento do volume total de pagamentos, que atingiu 93,7% em moeda constante, ano contra ano - o Brasil continua a impulsionar a maior parte do crescimento de pagamentos via pontos de venda. • O volume de transações na América Latina, por meio da carteira virtual, cresceu 106,5% em moeda constante, na comparação anual. • A carteira do Mercado Crédito superou os US$ 800 milhões, quase cinco vezes maior quando comparado ao segundo trimestre de 2020. • Como um canal importante para o crédito ao consumidor, o recurso ‘compre agora, pague depois’ para pagamentos via carteira Mercado Pago, já atingiu taxas de penetração de dois dígitos no Brasil . • Cresceu ainda a implantação do cartão de crédito do MercadoPago, habilitado para NFC (aproximação): foram emitidos mais 4,2 milhões de cartões na América Latina, no segundo trimestre, quase 3 milhões somente no Brasil . • Mercado Pago já corresponde a mais de 1/3 (34,4%) do faturamento do Mercado Livre no Brasil . Resultados financeiros do trimestre: • A receita líquida do segundo trimestre foi de US$ 1,7 bilhão, aumento ano a ano de 93,9%, em dólar, e de 102,6% em moeda constante. • No Brasil, a receita líquida cresceu 101% neste trimestre, em moeda constante. • A operação brasileira já representa 55,9% da receita líquida total da companhia. • O trimestre encerrou com um lucro, antes de impostos, de US$ 138,9 milhões, crescimento de 55,5% em relação aos US$ 89,3 milhões apurados durante o segundo trimestre de 2020. • O lucro líquido foi de US$ 68,2 milhões, resultando em lucro líquido de US$ 1,37 por ação.
Fonte: assessoria de imprensa Mercado Livre