Credítos: Visionhaus/Getty Images
LaLiga anuncia princípio de acordo com CVC, que injetará 2,7 bi de euros na competição e seus clubes
LaLiga anuncia um acordo estratégico denominado "Boost LaLiga" com o fundo de investimento líder e global CVC, que proporcionará uma injeção de dinheiro de 2,7 bilhões de euros na competição e seus clubes. Este ambicioso plano de investimento, hoje aprovado por unanimidade pelo Comitê Executivo da liga, proporcionará à LaLiga - e às equipes nela presentes - todos os recursos necessários para cumprir sua estratégia de transformação para se tornar um líder global no mercado de entretenimento digital, ao mesmo tempo reforçando a competição e transformando a experiência do torcedor. A transação avalia a LaLiga em 24,25 bilhões de euros, um preço que reconhece a liderança da LaLiga como uma das competições esportivas mais importantes do mundo, bem como reconhece seu potencial de crescimento através de uma maior presença digital. Num esforço coordenado entre a LaLiga e os seus clubes, a liga terá como objetivo uma maior interação direta com os fãs, investimento na marca, no esporte e na internacionalização de ambos. Este é um valor superior às avaliações anteriores consideradas para outros projetos com características semelhantes, o que só pode refletir o excelente trabalho que tem sido realizado pela LaLiga até o momento . Este acordo visa liderar a transformação vivida atualmente no setor de entretenimento global e maximizar todas as oportunidades de crescimento disponíveis para os clubes desenvolverem um novo modelo de negócios - que, por consequência disso, lhes permitirá diversificar e maximizar receitas por meio de modelos de marketing que ajudarão a acelerar sua transformação digital. Passando do atual modelo de produto único, baseado quase exclusivamente no jogo e na venda de direitos audiovisuais, para um multiproduto/multi-experiência com relacionamento direto com os fãs, amplificado pela tecnologia e capacidades digitais e analíticas. Nesse sentido, a LaLiga já está a caminho de se tornar um líder global, com os melhores conteúdos de entretenimento, uma forte presença digital e a capacidade de capturar e analisar dados que facilitam a interação direta omnicanal (por meio de vários canais, como por exemplo internet, dispositivos móveis e pontos de venda físicos) com fãs em todo o mundo, com uma visão clara foco na otimização de sua experiência com a marca. O investimento na melhoria da competição impulsionará todo esse crescimento, do número de fãs e sua experiência com a LaLiga. As capacidades tecnológicas da LaLiga e do ecossistema dos clubes também serão fortalecidas, oferecendo novos conteúdos, novos canais e novos mercados. 90% dos 2,7 bilhões de euros propostos a serem investidos pelos fundos CVC serão destinados aos clubes, incluindo futebol feminino, futebol semiprofissional e não profissional, sob a orientação da Real Federação Espanhola de Futebol e do Conselho Superior de Esportes (mais de 100 milhões de euros). Assim, tornar este acordo estratégico inclusivo, equitativo e democrático que não só reforce a viabilidade econômica de todos os clubes espanhóis de futebol, mas também abre um novo presente e futuro para eles, permitindo-lhes avançar em seu desenvolvimento e transformação por, pelo menos, uma década. Os recursos proporcionados pelo acordo entre a CVC e a LaLiga terão também um efeito multiplicador, não só no mundo do futebol, mas também na sua contribuição para a construção da imagem da Espanha no exterior através da Marca Espanha (Brand Spain), na criação de empregos para o setor e na captação de talentos. Para a implementação deste plano estratégico, os clubes assumem o compromisso de alocar o investimento que recebem para a promoção do seu próprio Plano de Desenvolvimento, acordado com a LaLiga, que incluirá as seguintes áreas principais: Estratégia esportiva; infraestrutura; desenvolvimento internacional; marca e desenvolvimento de produto; estratégia de comunicação; inovação; plano de tecnologia; e dados e plano de desenvolvimento de conteúdo em plataformas digitais e redes sociais. Todos incorporando sustentabilidade, boa governança e diversidade como valores fundamentais do modelo. A LaLiga manterá as suas responsabilidades esportivas, bem como a organização e gestão da venda de direitos audiovisuais. Os Fundos CVC trazem para este projeto seu poder de fogo financeiro, sua capacidade de gestão e seu conhecimento especializado no desenvolvimento de negócios esportivos graças à sua vasta experiência de mais de 25 anos em competições internacionais como rugby, vôlei, tênis, Moto GP, Fórmula 1, mais as relações que estabeleceu firmemente com parceiros tecnológicos essenciais para a implementação dos projetos específicos contidos neste plano.
Fonte: assessoria de imprensa LaLiga