Credítos: Divulgação
Itapemirim Transportes Aéreos apresenta resultados preliminares de seu primeiro mês de operação
A Itapemirim Transportes Aéreos, empresa aérea do Grupo Itapemirim, anuncia hoje os resultados operacionais preliminares de julho. Ao longo do seu primeiro mês de atuação no setor aéreo doméstico, a companhia transportou 38.841 clientes, em 423 voos (etapas) realizados. Com pontualidade de 77% e ocupação média (load fator) de 62%, a companhia acredita que o avanço da vacinação em todo o País está contribuindo para a retomada das viagens dentro do Brasil. "Com a incorporação gradual de novas aeronaves à nossa frota, prevemos um aumento da malha para os próximos meses. Também ampliaremos as frequências em algumas cidades que já atendemos, proporcionando uma melhor conectividade aos clientes que escolhem a ITA como a sua empresa aérea neste cenário de retomada do turismo no País", destaca o diretor-executivo da Itapemirim Transportes Aéreos, Adalberto Bogsan. Os dados obtidos pela mais nova empresa aérea brasileira contemplam as operações realizadas nos aeroportos de São Paulo-Guarulhos (SP), Brasília (DF), Belo Horizonte-Confins (MG), Rio de Janeiro-Galeão (RJ), Porto Alegre (RS), Porto Seguro (BA), Salvador (BA) e Curitiba (PR), iniciadas em 1° de julho de 2021. Em 1° de agosto, a ITA ampliou os destinos operados a passou a voar também para as cidades de Fortaleza (CE), Florianópolis (SC), Maceió (AL), Natal (RN) e Recife (PE). Com isso, já são 13 destinos atendidos, com quatro aeronaves Airbus A320. Estes aviões têm capacidade para transportar confortavelmente até 162 passageiros, proporcionando ainda mais conforto para todos os clientes. A companhia se destaca, ainda, por trazer serviços diferenciados e exclusivos no mercado doméstico, como a possibilidade do despacho gratuito de bagagem para todas as classes tarifárias e a marcação de assentos sem nenhum custo adicional. A Itapemirim Transportes Aéreos concluiu seu processo de certificação em abril deste ano, sendo aprovada no rigoroso processo de avaliação da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) em menos de um ano, comprovando que a empresa cumpre rigorosamente todas as normas, padrões e regulamentos da agência para operar voos regulares de passageiros no país.
Fonte: assessoria de imprensa itapemirim