HOME

NOTÍCIAS

Emirates ajuda a destacar a questão do tráfico de pessoas

Emirates ajuda a destacar a questão do tráfico de pessoas

Divulgação

A Emirates tem o orgulho de apoiar o mais novo filme global "What is Human Trafficking?" (O que é tráfico humano?) da campanha It's a Penalty, lançado em colaboração com o ator Liam Neeson. O curta tem como objetivo educar o mundo e elucidar as questões e a realidade do tráfico e exploração de pessoas que acontece em todo o mundo. A Emirates vai transmitir esta mensagem especial em seu sistema de entretenimento a bordo, ice, em todos os voos a partir de outubro; a ideia é colocar esse problema global em perspectiva e ajudar as pessoas a entender o que é o tráfico humano. Com maior conscientização, mais casos suspeitos podem ser identificados e denunciados, protegendo e evitando que as pessoas em risco se tornem vítimas. O tráfico de pessoas envolve o movimento de pessoas dentro de um país ou cruzando fronteiras em condições de exploração contra sua vontade por meio de força, ameaças, abdução ou enganação. Em 2017, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) estimou que 24,9 milhões de pessoas foram traficadas globalmente (equivalente à população da Austrália); dessas, 75% eram mulheres e crianças [1] . Como uma das maiores pontes que unem pessoas e lugares em todo o mundo, a Emirates está empenhada em fazer sua parte para ajudar a conter esse crime contra a humanidade. Parcerias e treinamento Por meio de sua divisão de segurança, a Emirates trabalha com agências governamentais e organizações como a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA - International Air Transport Association), o US Overseas Security Advisory Council (OSAC) e o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) para aumentar a conscientização sobre o tráfico humano e cooperar em estratégias eficazes para o setor de transporte aéreo. A Emirates reconhece que os funcionários da linha de frente no aeroporto e a bordo dos voos estão em uma posição única para cuidar desse tipo de crime; por isso, tem investido há anos em programas de treinamento para ajudar a conscientizar a equipe de trabalho de seu aeroporto e a sua tripulação sobre esse crime, fornecendo as capacidades para identificar e relatar casos suspeitos de tráfico humano às organizações e autoridades apropriadas. No hub da Emirates no Aeroporto Internacional de Dubai, uma equipe de segurança da aviação recebe treinamento especial de parceiros da embaixada sobre como identificar potenciais traficantes de pessoas ao verificar documentos de viagem e como analisar o perfil de passageiros e seus comportamentos durante o voo. Desde 2017, a tripulação da Emirates e a equipe em terra que tem contato com o cliente pode acessar um módulo online especialmente desenvolvido com o Home Office do Reino Unido para a prevenção de crimes a bordo. A Emirates foi uma das primeiras companhias aéreas a implementar este tipo de treinamento, que incentiva os funcionários a observar melhor o comportamento do cliente, em particular os comportamentos de quem pratica o tráfico de pessoas ou de possíveis vítimas. O treinamento fornece cenários que a tripulação pode encontrar a bordo e orientações sobre como a equipe deve reagir. O Emirates Group tem uma política de combate à escravidão e ao tráfico humano e publica anualmente declarações de transparência sobre a Lei da Escravidão Moderna como parte de seu compromisso contínuo de combater esses crimes.

assessoria de imprensa Emirates