HOME

NOTÍCIAS

Carrefour implanta coleta de máscaras e luvas descartáveis utilizadas para proteção contra o coronavírus

Carrefour implanta coleta de máscaras e luvas descartáveis utilizadas para proteção contra o coronavírus

Divulgação

De forma pioneira no varejo alimentar, o Carrefour passou a oferecer aos seus clientes e colaboradores a coleta de equipamentos de proteção individual (EPIs) usados atualmente por conta da pandemia do coronavírus. O projeto piloto foi iniciado há um mês no Hipermercado de Pamplona e foi estendido recentemente para as unidades de Pinheiros e Osasco, todas no estado em São Paulo. Com isso, máscaras de proteção facial e luvas descartáveis, além de papel toalha empregados com álcool na higienização de itens pessoais ou da operação das lojas, podem ser descartados em barricas de papelão, que são específicos para este tipo de coleta, instaladas na frente dessas lojas, exclusivamente com essa finalidade. A iniciativa visa a garantir que estes itens, considerados contaminantes, tenham uma destinação correta e segura, e não sejam descartados de forma errada no meio ambiente. Como são peças baratas e eficazes para reduzir a transmissão da covid-19, as máscaras e luvas descartáveis têm sido produzidas, vendidas e distribuídas em grande volume. Mas, via de regra, se trata de um resíduo tóxico e de longa duração: segundo especialistas, a degradação de uma máscara desse tipo na natureza pode levar até 450 anos. As luvas, por sua vez, são feitas de polipropileno, material derivado do petróleo, não sendo, portanto, biodegradáveis. "É importante lidarmos com os resíduos da pandemia. Essa nova coleta atende ao cenário atual e integra nosso pilar de economia circular e gestão de resíduos", avalia Lucio Vicente, Head de sustentabilidade do Grupo Carrefour Brasil. "O objetivo é preservar profissionais que trabalham diretamente nos processos de coleta de resíduos e evitar danos ao meio ambiente, já que esses EPIs estão sendo utilizados em massa e já podem ser observados até no fundo do mar", completa. O conteúdo coletado nas lojas seguirá para incineração periodicamente, sem necessidade de manipulação, já que as barricas possuem tampa com lacre, bastando serem fechadas e inseridas no equipamento que queima esse tipo de resíduo. A iniciativa é uma parceria da companhia com a BR+10, especializada em gestão de resíduos, manejo arbóreo e gestão de áreas contaminadas. Ao longo da pandemia, o Grupo Carrefour Brasil tornou a saúde das pessoas uma prioridade em seu negócio. A companhia investiu na aquisição e distribuição de máscaras de tecido duplo, de acordo com todas as orientações dos órgãos de saúde, no âmbito do projeto "Sua Máscara Solidária", que visa à geração de renda para mulheres em situação de vulnerabilidade social. No total, 55 mil máscaras de pano reutilizáveis foram doadas pela companhia a colaboradores e suas famílias, a moradores de algumas comunidades de São Paulo e a lideranças indígenas da região amazônica, incluindo locais como o Parque Nacional Indígena do Xingu (MT) e Terras Indígenas de Rondônia (RO). Além disso, o Grupo Carrefour Brasil se tornou a primeira empresa do setor varejista no país a ser reconhecida com o selo internacional My Care. Desenvolvido pela empresa DNV GL, a certificação atesta a eficiência e segurança das medidas adotadas pela empresa para a proteção de seus clientes e colaboradores em todas as suas unidades do país, garantindo que todos os protocolos estão alinhados com as melhores práticas nacionais e internacionais de combate ao coronavírus. O Grupo Carrefour realiza em todas as suas unidades um complexo trabalho de redução e gestão de seus resíduos de forma ambientalmente correta. Esta ação é mais uma frente focada na correta destinação desses materiais gerados pelas lojas e por sua comunidade com o objetivo de contribuir para a preservação do meio ambiente.

assessoria de imprensa Carrefour