Credítos: Imagem divulgação
Vendas da BMW Brasil de janeiro a agosto de 2021 já superam o mesmo intervalo de 2019 e sua linha de eletrificados tem salto de 209% no ano.
BMW do Brasil, como parte de sua estratégia de negócios, confirmou sua liderança no segmento Premium do mercado automotivo nacional. A marca bávara comercializou 9.528 unidades no acumulado de janeiro a agosto de 2021. Isso representa 23% mais em comparação com as 7.743 unidades vendidas pela empresa no mesmo período de 2019, antes da pandemia provocada pelo Coronavírus. No comparativo dos oito primeiros meses desse ano com o mesmo período de 2020, quando a BMW comercializou 7.239 unidades, o crescimento é ainda maior, de 31%. Agosto de 2021 foi o melhor mês da história da BMW no Brasil, com vendas de 1.517 unidades. Os dados são do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). A BMW vendeu em agosto mais que todas as suas concorrentes alemãs diretas somadas no Brasil. "Nossa estratégia consiste em produzir localmente e estar perto do cliente de forma a oferecer o melhor e mais adequado produto, de acordo com o desejo e necessidade dos consumidores. Não trabalhamos na busca por resultados de volume. Isso acaba sendo uma consequência", afirma Roberto Carvalho, Diretor Comercial da BMW no Brasil. "Vamos seguir focando em tecnologia e eletrificando o Brasil também trazendo modelos importados para o país. O inédito BMW iX, entre outras novidades, chega em breve", reforça o executivo. Com 3.850 unidades registradas até o momento, em 2021, o BMW 320i, fabricado nacionalmente em Araquari (SC), é o modelo Premium mais vendido do Brasil. Este volume representa um crescimento de 49% acima ante 2020 (2.581 unidades). Já o SUV nacional premium favorito dos brasileiros, o BMW X1, outro destaque produzido localmente em Araquari (SC), teve 2.110 unidades registradas neste ano, uma alta de 13% sobre o ano anterior (1.863 unidades). A gama de carros eletrificados da BMW é outro ponto que merece destaque. Foram vendidas no país 1.516 unidades de todos os modelos da linha de BEVs (modelos totalmente elétricos) e PHEVs (Plug-in Híbrido), entre janeiro e agosto, um salto de 209% em comparação com o volume registrado nos primeiros oito meses de 2020 (490 unidades) e elevação de 1.075% em comparação com idêntico período de 2019 (129 unidades). Agosto de 2021 marcou o melhor mês da história da BMW no Brasil em vendas de eletrificados. A marca comercializou 340 unidades somente no último mês. Os veículos da linha M também obtiveram resultados expressivos. Os modelos que proporcionam o máximo prazer ao dirigir característico da BMW registraram emplacamento de 803 unidades no período, mais 38% em comparação com os oito meses iniciais de 2020.
Fonte: Assessoria de Imprensa