Nacional
Credítos: freepik
Prefeitura de São Paulo lança edital para 4 mil novos pontos de Wi-Fi público.
Objetivo da Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia é levar internet gratuita e de qualidade a todas as escolas de ensino fundamental e unidades de saúde da cidade Por meio da Secretaria de Inovação e Tecnologia (SMIT), a Prefeitura de São Paulo publicou no Diário Oficial de sábado (9) o edital de credenciamento para a instalação de 4 mil novos pontos de WiFi gratuito em São Paulo. O programa WiFi Livre SP possui atualmente 1.088 pontos espalhados pela cidade e, nessa nova fase, todas as escolas do Ensino Fundamental (do 1º ao 10º ano) e todas as unidades de Saúde do município vão receber internet de graça para a população. O secretário Juan Quirós conta que o edital ficou aberto à consulta pública por 30 dias e que tanto as sugestões da população sobre instalação do WiFi Livre em localidades onde não há internet, assim como os pedidos de redução do tamanho das áreas dos lotes e alterações técnicas que foram solicitadas pelas empresas, foram atendidas. "A pandemia mostrou que inclusão digital é a nova fronteira da inclusão social. Cidadãos conectados têm mais possibilidades de conseguir trabalho e gerar renda, e isso é fundamental neste momento de retomada das atividades". Quirós cita um estudo da PriceWhatherhouse Coopers realizado este ano que concluiu que o simples fato de uma região carente receber sinal de internet pode aumentar em até 15% a renda das pessoas. "A tecnologia que importa é a que transforma a vida das pessoas", conclui. O credenciamento das empresas ficará aberto, inicialmente, por 60 dias (prorrogáveis) e a previsão é que os novos pontos comecem a ser instalados ainda este ano.
Fonte: Por Assessoria de Imprensa