TAM Aviação Executiva faz exposição no seu hangar, em Congonhas, dos modelos Cessna 195 e Cessna 180-F, relíquias de sua história
Continuando a celebração dos seus 60 anos de história, a TAM Aviação Executiva, traz duas relíquias para o seu hangar em Congonhas. Trata-se do Cessna 195, fabricado em 1950, clássico da aviação geral no pós-Segunda Guerra Mundial, que trouxe para os modelos em pistão conforto e luxo de uma aeronave executiva. O Cessna 195 foi adquirido por João Amaro em um leilão em Cuiabá, após 11 anos abandonado no aeroporto da cidade. O avião foi restaurado pelo comandante Rolim e, anos depois, inspirou a criação do museu Asas de um Sonho. Já o Cessna 180-F, ano 1963, modelo que fez enorme sucesso no Brasil, foi muito utilizado em fazendas e em garimpos, onde as pistas não eram pavimentadas. Sua produção foi encerrada em 1985, mas até hoje é comum vê-lo operando em diversas atividades. Esse modelo, exposto no hangar da TAM AE, foi doado pelo comandante Peri Igel e é igual à aeronave utilizada pelo comandante Rolim e por João Amaro no início de suas carreiras. Esses modelos estarão disponíveis para visitação dos clientes no Hangar 1, da TAM AE nos próximos meses. Recentemente, foram utilizados na gravação do vídeo institucional da empresa em comemoração aos seus 60 anos. "É uma oportunidade única para os nossos clientes, amantes da aviação, terem contato com estas relíquias, além de conhecer um pouco mais da nossa história. Estamos muito honrados", explica Leonardo Fiuza, presidente da TAM AE.
Fonte: Por Assessoria de Imprensa