Credítos: Imagem divulgação
Bibi amplia atuação internacional com abertura de duas unidades no Equador
Há mais de 30 anos trabalhando como distribuidor da Calçados Bibi, marca referência em calçados infantis, Eduardo Santini, de 59 anos, viu no mercado varejista uma oportunidade de investimento em seu País de origem, o Equador. A porta de entrada para o novo segmento se deu há mais de dois anos com a abertura da primeira unidade da Bibi em Quito, capital equatoriana. Ampliando sua atuação no País, o empresário é o responsável pelas seis lojas exclusivas da marca na região, inclusive as duas que iniciam a operação entre o final de novembro e início de dezembro. "Percebemos que o mundo se tornou muito mais monomarca. Observando esta mudança nos hábitos de consumo e acompanhando a movimentação da Bibi com a entrada no Franchising demos o primeiro passo para ampliar e fortalecer a presença da marca no Equador. Vimos como oportunidade, mesmo durante a pandemia, de abrir a primeira loja da rede em Quito. Mas não queríamos parar em uma só unidade. Buscamos outros pontos que seriam importantes para tornar a marca conhecida nos principais shopping centers do País. Por isso, expandimos ainda mais com outras operações na capital, em Guayaquil, considerada a maior cidade equatoriana e, agora, em Ambato. Nossa meta é trazer para os equatorianos um portfólio de produtos de qualidade, de uma marca especializada naquilo que se propõe a vender, no caso da Bibi, os calçados infantis e a um preço competitivo no mercado", comenta Eduardo. Com 15 franquias internacionais, a Bibi aposta na expansão para fora do Brasil em conjunto com seus parceiros de longa data localizados na América Latina. Este movimento fortalece os laços comerciais, leva o propósito da marca de fazer o bem para gerar boas lembranças para outros consumidores, além de tornar a implantação da unidade estrangeira ainda mais assertiva, já que os distribuidores locais conhecem o mercado em questão, a cultura e o comportamento dos clientes. Com o plano estratégico, a rede prevê atingir 100 lojas exclusivas da Bibi no exterior até 2030. As novas operações da marca estão situadas dentro do shopping El Dorado, em Guayaquil, e no Paseo Shopping, em Ambato, na província de Tungurahua, região central do Equador. Os moradores das duas cidades podem contar com uma ampla vitrine de calçados para crianças de 0 a 9 anos. Todos os modelos da Bibi são livres de substâncias tóxicas e possuem a palmilha Fisioflex, que proporciona a sensação de andar descalço e permite o desenvolvimento natural dos pés dos pequenos. No Brasil, a rede disponibiliza o conceito de loja Standard, com valores de investimento a partir de R$ 580 mil, voltado para shopping centers das capitais, além do formato Light, para levar a marca às cidades ou shoppings localizados fora das grandes metrópoles, com média de 200 mil habitantes. O modelo de negócio é mais acessível, sendo que o custo total é de R$ 450 mil, tendo incluso as instalações, soluções tecnológicas, primeiro estoque, capital de giro e taxa de franquia.
Fonte: Por Assessoria de Imprensa