Credítos: rawpixel.com
Inovação ajuda a expandir energia solar, movimentar economia e gerar renda a milhares de brasileiros
Quando o assunto é energia solar, o Brasil figura entre os grandes players mundiais. Recentemente, o país chegou à marca de 12 gigawatts (GW) de potência operacional da fonte solar fotovoltaica, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e o avanço dessa matriz energética tem gerado oportunidades de renda a milhares de pessoas. Um levantamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) revelou que, de 2012 a setembro deste ano, o setor criou cerca de 330 mil empregos, e contou com mais de R﹩ 57 bilhões em novos investimentos. O Meu Financiamento Solar , maior fintech de crédito para energia solar do Brasil, por exemplo, tem somado aproximadamente R﹩ 15 bilhões em solicitação de crédito por mês, e prevê expandir até 150% ainda em 2021. Mas a empresa não quer crescer sozinha, por isso tem criado cada vez mais soluções para fomentar o setor, não apenas voltadas aos consumidores - que hoje podem financiar até 100% dos projetos, com parcelamento de até 84 vezes e 120 dias para começar a pagar -, mas também aos cerca de 22 mil Microempreendedores Individuais (MEIs) e microempresas que intermediam e realizam a instalação dos sistemas fotovoltaicos. "Diante da atual situação do país, que tem hoje 13,7 milhões de desempregados, muitas pessoas estão empreendendo por necessidade, e o setor de energia solar, por estar aquecido, tem atraído esses novos empreendedores. Só entre maio e setembro deste ano foram abertos 1,1 milhão de novos MEIs. Queremos fornecer ferramentas para que essas empresas sejam diferenciadas, se destaquem, e cresçam, acompanhando a curva positiva desse mercado, porque isso é positivo para elas, para o segmento, e para o país", afirma Carolina Reis, diretora comercial do Meu Financiamento Solar. • Aplicativo gratuito para MEIs e microempresas Uma dessas ferramentas é o aplicativo do Meu Financiamento Solar, que acaba de ser disponibilizado para celulares Apple e Android. Nele, os instaladores/empresas parceiras podem fazer simulações de kits fotovoltaicos para seus clientes gratuitamente, totalmente online e em tempo real, escolher a forma de parcelamento ideal para cada pessoa, acompanhar propostas, entre várias outras funcionalidades, como gerenciamento de equipe, por exemplo. "O instalador recebe comissão mediante aprovação do crédito, e fica encarregado pela execução do projeto. É uma forma de tornarmos esse processo ágil, seguro e vantajoso aos nossos parceiros, que hoje são responsáveis por 90% dos pedidos de financiamento que recebemos, e movimentarmos - utilizando tecnologia de ponta - esse mercado tão promissor", conclui a diretora comercial do Meu Financiamento Solar.
Fonte: Por Assessoria de Imprensa