Credítos: freepik
Whatsapp e Chatbot revolucionam a educação empreendedora online
Durante a pandemia causada pela Covid-19, o aplicativo de mensagens instantâneas Whatsapp ganhou ainda mais espaço e relevância no âmbito da educação empreendedora. Com 120 milhões de usuários no Brasil e presente em 98% dos smartphones do país, o aplicativo passou a ser uma ferramenta de desenvolvimento cada vez mais utilizada pelas instituições. A Aliança Empreendedora, organização que capacita e apoia gratuitamente microempreendedores formais e informais em comunidades e periferias de todo o país, já tinha, desde 2014, soluções de desenvolvimento online para empreendedores. A organização que, somente no ano passado, beneficiou mais de 22 mil pessoas por meio de parcerias que resultaram no investimento de mais de R﹩ 7 milhões, viu a necessidade de se reinventar. Por conta do distanciamento social, precisou inovar ainda mais e migrar seu apoio e cursos presenciais para ferramentas online, como o Whatsapp, agregando cada vez mais facilidades para a formação dos empreendedores. Para contar com uma metodologia assertiva de treinamento para turmas pelo Whatsapp, a Aliança Empreendedora pensou na realidade do microempreendedor e em suas mudanças de rotina no período de pandemia. Assim, focou em: interações frequentes e humanizadas para incentivar o engajamento; conteúdo rápido, em formato de pílulas, para ser visualizado facilmente pelo participante e presença de um assessor especializado para acompanhar a jornada da turma. "Levar conhecimento aos microempreendedores é a metodologia mais efetiva para mantê-los ativos. Apenas no ano passado, mais de 2.000 pessoas participaram das nossas turmas de Whatsapp, ambiente no qual prevalece a troca de experiências e conhecimentos, favorecendo a formação de redes.", afirma Lina Useche, diretora executiva e cofundadora da Aliança Empreendedora. O treinamento via Whatsapp utiliza também o chatbot para aprimorar a experiência do usuário. "Os proprietários e donos de pequenos negócios, sejam eles formais ou informais, têm a oportunidade de buscar conhecimento sem precisar se ausentar das suas funções, o que facilita a gestão do tempo, diante de tantas atividades que eles desenvolvem no seu dia a dia.", explica Lina, sobre as vantagens do chatbot. Há grande receptividade dos empreendedores em ambos os formatos de capacitação. Nas turmas feitas para o Whatsapp, a interação é direta com o tutor de cada curso e as demais pessoas do grupo. Já no chatbot, o empreendedor consegue entrar em contato diretamente com um atendente humano, que consegue sanar todas as suas dúvidas com relação a determinado conteúdo que aprendeu. A empreendedora Viviane Aparecida dos Santos Domingos, de 45 anos, começou como artesã, há 12 anos, mas viu na culinária uma saída para prover o sustento de seus filhos e conheceu os cursos da Aliança por meio da irmã. "A Aliança me ajudou demais nesta nova etapa da minha vida. Nos cursos, consegui tirar minhas dúvidas, as explicações eram muito claras. Como fui a considerada empreendedora destaque, também ganhei uma consultoria individual, que foi o ponto de partida do meu novo negócio. Sou artesã e hoje tenho um espaço de alimentação saudável onde coloquei um pouco de arte", comenta. Cursos disponíveis Qualquer pessoa que empreende ou que gostaria de começar o próprio negócio pode acessar os cursos gratuitos do Tamo Junto, plataforma de aprendizado da Aliança Empreendedora. Atualmente são mais de 150 conteúdos gratuitos à disposição de microempreendedores, também disponíveis para Portugal e em espanhol, para imigrantes. Qualquer pessoa que empreende ou que gostaria de começar o próprio negócio pode acessar os cursos gratuitos do Tamo Junto, plataforma de aprendizado da Aliança Empreendedora. Atualmente são mais de 150 conteúdos gratuitos à disposição de microempreendedores, também disponíveis para Portugal e em espanhol, para imigrantes.
Fonte: Por Assessoria de Imprensa