Credítos: pixabay
Raízen investe na Tupinambá Energia.
Comprometida com o propósito de redefinir o futuro da energia, a Raízen realiza um importante movimento no mercado liderando a rodada de investimento de R$10 milhões na startup Tupinambá Energia. Criada em 2019, a startup é pioneira no desenvolvimento de soluções de recarga elétrica veicular, operando a infraestrutura de eletro-abastecimento de ponta a ponta, do aplicativo ao carro carregado. A rodada contou também com a participação da empresa de investimentos Plataforma Capital. A Tupinambá possui uma plataforma digital integrada a uma rede de pontos de recarga, possibilitando que diferentes empreendimentos comerciais ofereçam serviço de recarga para veículos elétricos de seus consumidores. O aplicativo Tupinambá oferece uma experiência única, reunindo hoje mais de mil pontos de recarga mapeados o que facilita a jornada dos motoristas ao consolidar a malha de infraestrutura de carregadores elétricos presentes no País. A empresa também gera receita ao disponibilizar painéis publicitários em estações de recarga junto a shoppings e centros comerciais, promovendo experiência diversificada no ecossistema da mobilidade elétrica. "Em meio a uma forte e necessária discussão sobre inovação e tecnologia, a chave do sucesso da Tupinambá é focar nossa solução na experiência do dono de carro elétrico. Para isso, não medimos esforços e atendemos no modelo ponta-a-ponta ajudando o parceiro em todas as etapas do processo de adoção de Mobilidade Elétrica. A parceria com a Raízen e a Plataforma Capital vem justamente para avançarmos ainda mais na construção de uma experiencia única para os nossos clientes", aponta Davi Bertoncello, CEO da Tupinambá. O Investimento tem o intuito de acelerar o desenvolvimento da rede de recarga no país, fortalecendo ainda mais o software e aplicativo criados pela Tupinambá e criando uma parceria complementar entre Raízen e a Startup, as quais passarão a oferecer soluções em conjunto ao mercado. Como parte da estratégia há a possibilidade da gigante converter seu investimento em participação societária da empresa. Buscando valorizar o impacto do uso de energia renovável para descarbonização do setor automotivo, a parceria com a Tupinambá acelera a estratégia de crescimento em renováveis da Raízen, agregando novas soluções para atender diferentes desafios e necessidades com eficiência e sustentabilidade, além de sustentar a expansão da rede de recarga elétrica no Brasil através de uma experiencia única. “Com a agenda ESG aquecida, as empresas brasileiras estão buscando formas de se tornarem mais verdes, não só no discurso mas, principalmente, na atuação prática. A Tupinambá é a parceira ideal para ajudá-las nesse desafio ao facilitar o investimento na Mobilidade Elétrica" - sinaliza Pedro De Conti, co-fundador da Tupinambá. A parceria também irá complementar e integrar o portfólio da Raízen em Mobilidade Elétrica, que inclui o fornecimento de energia renovável e soluções de abastecimento elétrico para frotas de empresas, e o desenvolvimento de uma ampla rede de recarga rápida através do programa Shell Recharge, anunciado em no final de 2021. Com estas recentes movimentações no mercado, a Raízen fortalece sua estratégia de se tornar um one stop shop de soluções em energia, com produtos e soluções em geração distribuída e comercialização de energia no mercado livre, eficiência energética, certificados de energia renovável e mobilidade elétrica, pautados pela sustentabilidade de fontes limpas e renováveis. “Acreditamos muito no crescimento e na plataforma da Tupinambá, especialmente pelo foco na usabilidade e experiência do cliente ao oferecer soluções mais limpas de energia. A sinergia dos nossos negócios contará com nosso know-how e o suporte das nossas Unidades de Negócio, para que possam crescer de maneira sustentável e escalar rapidamente, transformando a mobilidade elétrica no Brasil”, destaca Frederico Saliba, Vice-Presidente de Energia e Renováveis da Raízen. A aceleração de startups não é novidade para a Raízen. Há quatro anos, a companhia criou o Pulse, um dos grandes hubs incentivadores de inovação aberta do Brasil e importante engrenagem que viabiliza a oxigenação de novas ideias e práticas que enriquecem os diferentes modelos de negócio da companhia. Atualmente, o Pulse colabora diretamente com o desenvolvimento de mais de 50 startups associadas e, nos últimos anos, possibilitou que mais de 70 projetos-piloto fossem ou estejam sendo testados dentro da companhia. A Raízen possui participação societária em startups do setor de Energia (Tyr, Diel e Holu) a partir do acordo de formação de joint venture com o Grupo Gera, que atua com projetos de geração distribuída no Brasil, comercialização e soluções de tecnologia escaláveis. Sobre a Raízen Somos a Raízen -- referência global em bioenergia com um ecossistema integrado de negócios: desde o cultivo e processamento da cana em nossos parques de bioenergia, até a comercialização, logística e distribuição de combustíveis, investimos continuamente em inovação para redefinir o futuro da energia. Por meio de tecnologias avançadas, buscamos o protagonismo na transição energética, ampliando nosso portfólio de renováveis, como o etanol de segunda geração (E2G), o biogás, a bioeletricidade e a geração de energia solar. Desta forma, a Raízen já evitou 5,2MM de ton de C02 por ano no ambiente (ref. 2020) e, até 2030, tem como meta conter o dobro deste montante. Com um time de 40 mil funcionários, operamos 35 parques de bioenergia, com capacidade instalada para moagem de até 105 milhões de toneladas de cana. Na safra 20´21 produziram 2,5 bilhões de litros de etanol e 4,4 milhões de toneladas de açúcar. Contamos cerca de 1,3 milhão de hectares de áreas agrícolas cultivadas com tecnologia de ponta com colheita mecanizada. Nossa capacidade instalada é de 1,3GW para geração de energia e produzimos na última safra 2,1 TWh de energia elétrica a partir da biomassa da cana. Por meio de uma rede de revendedores de 7.300 postos que estampam a marca Shell no Brasil e na Argentina, atendemos milhões de consumidores diariamente em suas jornadas, oferecendo desde os exclusivos combustíveis da família Shell V-Power até praticidade e benefícios na hora do pagamento com o Shell Box. Pelo Grupo Nós (Joint venture com a FEMSA Comercio), atuamos no varejo de conveniência e proximidade com as lojas Shell Select e com os mercados OXXO. Na safra 20´21 comercializamos 29 bilhões de litros de combustíveis e 7,3 milhões de toneladas de açúcar por meio de nossa infraestrutura de 69 bases de abastecimento em aeroportos, 70 terminais de distribuição pelo país e presença em 11 portos. Estamos entre as maiores empresas em faturamento no Brasil, com R$ 114,6 bilhões, na última safra, gerando emprego e renda, dinamizando a economia, e investindo em responsabilidade social via Fundação Raízen. Sobre a Plataforma Capital A Plataforma Capital é um Venture Capital focado em tecnologia aplicada em grandes mercados, que podem gerar disrupções e criar empresas revolucionárias. Seus setores de maior interesse são mobilidade, educação, financeiro, SaaS, saúde, energias renováveis, mobile e varejo. A Plataforma Capital originou-se da e-Platform Venture Partners, fundada em novembro de 1999 (o primeiro Venture Capital do Brasil), tornando-se uma das empresas pioneiras no cenário brasileiro a investir em empresas tecnológicas emergentes. Alguns dos cases de maior sucesso da Plataforma Capital são BuscaPé (vendido para a Naspers por USD 375 milhões), Sprinkler (IPO na NYSE) e Eduqo (vendida para a Arco Educação ARCE:NASDAQ).
Fonte: Por Assessoria de Imprensa