HOME

NOTÍCIAS

EDP, Audi, Porsche e VW inauguram 1º eletroposto de rede de recarga ultrarrápida de veículos elétricos da América do Sul

EDP, Audi, Porsche e VW inauguram 1º eletroposto de rede de recarga ultrarrápida de veículos elétricos da América do Sul

Crédito: Daumer De Giuli/Tripé Online Mkt Divulgação

O ano de 2020 representa um importante marco para a mobilidade elétrica brasileira. A parceria entre EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico, e as fabricantes Audi, Porsche e Volkswagen inaugura o primeiro carregador ultrarrápido público do Brasil, na cidade de Caraguatatuba (SP). O eletroposto faz parte do Plug&Go, nome escolhido para o projeto aprovado na Chamada Pública da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para o tema Mobilidade Elétrica Eficiente em conjunto com o Grupo de Estudos do Setor Elétrico (GESEL). As empresas ABB, Electric Mobility Brasil e Siemens são as fornecedoras das soluções de carregamento. Este projeto ajudará a formar a maior rede de carregadores ultrarrápidos da América do Sul, com a instalação de 30 novas estações de recarga ultrarrápida ao longo de três anos, cobrindo todo o estado de São Paulo. Os carregadores utilizados no primeiro posto de recarga são o HV160 de recarga ultrarrápida (150kW) em corrente contínua (DC) e um PC22 de recarga semirrápida (22kW) em corrente alternada (AC), da Electric Mobility, com capacidade para abastecer três veículos elétricos simultaneamente nos dois carregadores. O tempo médio de recarga é de aproximadamente 15 minutos para 100km de autonomia no carregador ultrarrápido. O primeiro local concluído fica no Shopping Serramar, litoral norte de São Paulo (Av. José Herculano, 1086 - Pontal de Santa Marina, Caraguatatuba-SP). O cronograma prevê o início da implantação de mais 10 novos postos ainda em 2020, que estarão na Rodovia Régis Bittencourt, Rodovia Fernão Dias, Rodovia dos Bandeirantes e Via Anhanguera. O Plug&Go conta com um investimento de R﹩ 32,9 milhões e vai conectar com os eletropostos de outras iniciativas, formando um corredor com mais de 2.500 quilômetros de extensão que interliga São Paulo, Rio de Janeiro, Vitória, Curitiba e Florianópolis. Este é o primeiro e maior projeto da América do Sul de instalação de carregadores ultrarrápidos (150 kW e 350 kW). Os novos eletropostos colocarão a EDP na liderança em postos de carregamento ultrarrápido no Brasil. Serão 29 carregadores de 150 kW (DC) e um carregador de 350 kW (DC), e mais 30 equipamentos de 22 kW (AC). Assim, cada posto de recarga terá uma estação ultrarrápida e uma semirrápida. Os tipos de plugs dos eletropostos atendem à maioria dos modelos de veículos com recarga plug-in disponíveis no mercado brasileiro. "A entrega do primeiro posto da rede de recarga ultrarrápida é um marco importante num projeto tão estratégico para a expansão da mobilidade elétrica no Brasil. A EDP está empenhada em protagonizar a transição energética para uma economia de baixo carbono, daí o nosso orgulho de liderar iniciativas como essa no Brasil", afirma Nuno Pinto, head de Mobilidade Elétrica e Serviços ao Cliente da EDP Smart. Para Johannes Roscheck, CEO e Presidente da Audi do Brasil, "há cada vez mais interessados em adquirir veículos elétricos no Brasil e a ampliação da infraestrutura de recarga no País é uma motivação adicional para que eles concretizem essa decisão. Desde que introduzimos o Audi e-tron, primeiro veículo 100% elétrico da marca, no mercado brasileiro em abril, temos conversado com nossos clientes e a percepção é de que a inauguração de pontos de recarga ultrarrápida como este trará ainda mais confiança para a realização de longas viagens. Este projeto é peça importante para atender a demanda crescente de veículos elétricos no Brasil e mostra como a sinergia entre empresas pode trazer impactos positivos para os consumidores". "Um dos fatores de atratividade dos carros elétricos para os consumidores é a criação de uma rede de carregamento tão ampla e abrangente quanto a existente hoje para veículos com motor a combustão. Neste momento, em que a Porsche está lançando no Brasil o Taycan, primeiro esportivo 100% elétrico da marca, a abertura de um eletroposto de carregamento rápido é fundamental para dar aos clientes a segurança de poder percorrer longas distâncias e ter onde carregar a bateria do automóvel", pontua Werner Schaal, Diretor de Vendas da Porsche Brasil. "A Porsche participa da estratégia de mobilidade elétrica desde 2010, quando lançou o primeiro Cayenne Hybrid, e nestes dez anos aumentou progressivamente a oferta de versões híbridas a seus clientes. Agora chegou a vez dos carros elétricos." "A Volkswagen está liderando a transformação para a mobilidade sustentável e temos como objetivo nos tornarmos a marca número 1 global em mobilidade elétrica. Para isso, serão mais de 11 bilhões de euros investidos nos próximos anos mundialmente. Aqui na região América Latina, nossa ofensiva de produtos elétricos e híbridos teve início com o lançamento do Golf GTE, híbrido plug-in. O sucesso desta estratégia depende de uma ampla infraestrutura de carregamento. E, com a inauguração deste primeiro eletroposto, vamos começar a oferecer uma estrutura de qualidade e conveniência para nossos clientes e demais usuários, bem como incentivar que as pessoas se sintam confiantes e seguras para optar por um automóvel híbrido ou elétrico nos próximos anos", ressalta Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina. "Estamos felizes em ser o primeiro centro comercial a receber o carregador ultrarrápido, e a fazer parte desse marco da mobilidade elétrica. É um privilégio abrir caminho para uma nova infraestrutura de veículos que se tem mostrado eficiente e uma alternativa para a sustentabilidade", destaca Marcelo Luiz, Superintendente do Serramar Shopping. Para recarregar os veículos elétricos na rede de eletropostos, os usuários precisam primeiro efetuar um cadastro no site da EDP Smart , e em seguida solicitar um cartão de mobilidade elétrica (EDP EV.Card), disponível para proprietários de veículos elétricos. Após a solicitação, o cliente recebe o cartão de forma gratuita no endereço indicado em até 20 dias corridos. Com o EV.Card, o usuário consegue realizar o desbloqueio junto aos leitores das estações de recarga e assim liberar os conectores para abastecer seu veículo híbrido plug-in ou elétrico. Em breve, será disponibilizado um aplicativo para que os clientes cadastrados possam também desbloquear, monitorar e utilizar os eletropostos de forma digital, sem a necessidade do cartão. Mobilidade cada vez mais presente O relatório mais recente da Bloomberg New Energy Finance (BNEF) indica que, até 2040, cerca de 56 milhões de carros elétricos circularão pelas ruas e estradas do planeta. O levantamento indica ainda que, em 20 anos, mais da metade dos veículos vendidos no mundo serão elétricos. O Brasil seguirá a tendência global de crescimento. De acordo com pesquisa feita pela Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), o mercado nacional de automóveis elétricos e híbridos deve crescer de 300% a 500% nos próximos cinco anos. Também de acordo com ABVE, de janeiro a junho de 2020, as vendas de automóveis eletrificados (100% elétricos, híbridos plug-in e híbridos não plug-in) cresceu 221%em relação ao mesmo período de 2019- de 2.356 unidades para 7.568. Segundo estudo do Boston Consulting Group, a expectativa é que o número de automóveis elétricos no Brasil chegue a 2 milhões em 2030. Compromisso global A EDP tem o compromisso global de eletrificar 100% de sua frota até 2030, assim como desenvolver novas ofertas e soluções comerciais que promovam a transição energética. No Brasil, a companhia já realizou investimentos importantes no setor. Em 2018, inaugurou um corredor de abastecimento de veículos elétricos entre Rio e São Paulo. Instaladas ao longo de 430 quilômetros da Rodovia Presidente Dutra, as estações de recarga tornaram possível fazer uma viagem completa em veículo elétrico entre as duas capitais mais populosas do Brasil. No fim de 2019, a EDP concluiu a instalação da maior rede de recarga de veículos elétricos do Espírito Santo, com a implantação de sete pontos de carregamento distribuídos pelo Estado.

assessoria de imprensa EDP