HOME

NOTÍCIAS

O Grupo Tigre usa o Opcenter APS para reduzir o estoque em quase 50%

O Grupo Tigre usa o Opcenter APS para reduzir o estoque em quase 50%

Divulgação

No segmento de tubos e conexões, o Grupo Tigre produz cerca de 4.500 produtos, em sua maioria injetados ou extrusados. Com um número tão alto de unidades em estoque para gerenciar e manter, o sequenciamento da produção é uma tarefa demorada. As atividades de injeção/extrusão envolvem muitas variáveis, difíceis de gerenciar sem o software apropriado, incluindo moldes alternativos, restrições de mão de obra, limitações de equipes de troca de molde (configurações), requisitos de matéria-prima e componentes. Com tantas variáveis em um ambiente tão dinâmico para o departamento de planejamento e programação da produção, o Grupo Tigre e o parceiro NEO formaram uma aliança para implementar o software Opcenter™ Advanced Planning and Scheduling (APS) da Siemens Digital Industries Software. O Opcenter APS melhora o processo do Grupo Tigre para gerar e regerar programações de produção, reduzir o trabalho em processo, otimizar configurações e fornecer análise dinâmica dos materiais. A solução O Opcenter APS, que faz parte do Xcelerator, um portfólio abrangente e integrado de software e serviços da Siemens Digital Industries Software, é fundamental para as unidades que fabricam tubos e conexões. O processo de programação do Grupo Tigre é realizado semanalmente. Assim que os dados são carregados no Opcenter APS, as ordens de produção planejadas são geradas, explorando todos os níveis da lista de materiais (BOM) e considerando os estoques de produtos semiacabados. Com base nesses pedidos, são analisadas as matérias-primas necessárias, indicando quais materiais estão faltando. O Opcenter APS oferece digitalização de alto nível que acelera os processos de produção e ajuda os fabricantes a responder rapidamente a mudanças inesperadas. O Opcenter APS foi projetado especificamente para atender a essa necessidade, usando algoritmos avançados que equilibram a demanda e a capacidade de gerar programações de produção viáveis. O sequenciamento de pedidos considera as restrições da fábrica, como disponibilidade de mão de obra e moldes, além de considerar o número de trocas de moldes resultantes. Devido à complexidade das combinações de máquinas e moldes, o NEO desenvolveu uma regra de programação personalizada para automatizar e gerar planos mais precisos para o Grupo Tigre. Esse algoritmo foi possível devido à capacidade e flexibilidade da interface de programação de aplicativos (API) do Opcenter APS, que minimiza as trocas de molde e equilibra os recursos para criar o carregamento uniforme das máquinas. Os resultados Antes de introduzir o Opcenter APS em seu processo, as ordens de produção eram criadas manualmente. Hoje, elas são criadas automaticamente no software de enterprise resource planning (ERP) SAP®, aumentando significativamente a eficiência da programação. A solução também fornece benefícios ao gerenciamento de suprimentos, que passou a receber um relatório semanal de situação de faltas de materiais e suas prioridades para ajudar nas consultas aos fornecedores. Por meio de um algoritmo de programação específico, o Opcenter APS agrupa pedidos que possuem as mesmas características, minimizando as trocas de moldes e aumentando a produtividade da máquina. O sequenciamento considera todas as restrições de manufatura, resultando em um cronograma viável. Com isso, houve um aumento significativo na adesão à programação (planejado versus realizado) de 47% para 95%. Além disso, os relatórios configurados para o projeto realizam análises e auxiliam na tomada de decisões. Agora é possível observar a carga de cada máquina por turno e definir a quantidade certa de funcionários e os tempos de preparação. Isso gera mais informações precisas sobre a manufatura. Com uma visão geral otimizada das máquinas e processo simplificado de geração de pedidos, além de outras ações internas, o Opcenter APS permite ao Grupo Tigre reduzir os níveis de estoque em quase 50%. Perspectivas futuras O Grupo Tigre continua buscando melhorias em seus processos e metodologias de trabalho, contando com o NEO e o Opcenter APS. Hoje, as fábricas internacionais do Grupo Tigre em toda a América do Sul estão implementando o Opcenter APS. Com isso, a programação será integrada e os resultados multiplicados por meio da expansão global. A Siemens Digital Industries Software promove a transformação para empresa digital, onde os projetos de engenharia, manufatura e eletrônicos serão elaborados em conjunto no futuro. O portfólio X celerator ajuda empresas de todos os portes a criar e implementar gêmeos digitais, que fornecem às organizações novas informações, oportunidades e níveis de automação para criar inovações.

assessoria de imprensa Tigre