HOME

NOTÍCIAS

Grupo de Telecomunicação Britânico assina acordo 5G com Ericsson para eliminar Huawei

Grupo de Telecomunicação Britânico assina acordo 5G com Ericsson para eliminar Huawei

mohamed Hassan por Pixabay

A Ericsson sueca anunciou que foi selecionada para fornecer ao Grupo BT – empresa de telecomunicações britânica, equipamento de rádio 5G em Londres e em outras cidades importantes do Reino Unido A ação aconteceu depois que o governo britânico decidiu bloquear a Huawei de suas redes móveis de quinta geração. A mudança - uma reversão de uma decisão anterior de permitir equipamentos “não essenciais” da gigante de tecnologia chinesa - significa que as operadoras do Reino Unido terão que retirar o equipamento da Huawei de sua infraestrutura por completo até 2027. A Ericsson é um dos maiores rivais da Huawei na corrida para desenvolver a infraestrutura de rede 5G. O lançamento do 5G tem sido uma questão chave em uma disputa tecnológica entre os EUA e a China, com Washington pressionando seus aliados para remover a Huawei de suas redes 5G por questões de espionagem. A Huawei negou frequentemente que seu kit de rede poderia permitir à China espionar comunicações confidenciais, insistindo que é independente do governo de Pequim. A Ericsson disse que fornecerá conectividade para clientes da unidade móvel EE da BT em Londres, Edimburgo, Belfast e Cardiff, gerenciando cerca de 50% de seu tráfego 5G total. No início deste ano, a empresa assinou um contrato com a maior operadora móvel do Reino Unido para construir as partes “centrais” sensíveis de sua infraestrutura 5G. “Já tendo sido selecionados para parceria no 5G Core, temos o prazer de fortalecer ainda mais o relacionamento com este negócio que entregará alto desempenho e 5G seguro para seus clientes nas principais cidades do Reino Unido”, disse o CEO da Ericsson Borje Ekholm em um comunicado. A rival finlandesa da Ericsson, Nokia, assinou um acordo 5G separado com a BT no mês passado, dizendo que o acordo a tornaria o maior parceiro de infraestrutura da BT. Operadoras de todo o mundo começaram a mudar suas redes 5G no ano passado, prometendo velocidades de dados super rápidas, jogos e experiências de streaming mais suaves. Mas o lançamento global do 5G até agora foi prejudicado por lacunas na cobertura . Espera-se que acelere com o recente lançamento do iPhone 12 da Apple . Informações cbnc

Redação