HOME

NOTÍCIAS

XP Investimentos destaca as eleições americanas e recomenda compra de Tenda

XP Investimentos destaca as eleições americanas e recomenda compra de Tenda

Element5 Digital no Pexels

Consolidando um recuo de 0,69% em outubro, o Ibovespa fechou a última sexta-feira em queda de 2,72%, a 93.952 pontos. O esfriamento das negociações por um novo pacote de estímulos nos Estados Unidos, a baixa nas ações de empresas de tecnologia americanas e a segunda onda de coronavírus e de lockdowns na Europa foram os grandes causadores do pessimismo elevado. O dólar comercial teve queda de 0,63% no dia, a R$ 5,75, valorizando 2,17% em relação ao real em outubro. Ontem, enquanto o mercado brasileiro esteve fechado devido ao feriado de finados, as bolsas americanas registraram ganhos, motivados pela divulgação de dados melhores do que o previsto da indústria dos EUA e de subindicadores de emprego e novas encomendas também mostrando forte expansão. Hoje, as bolsas globais sobem enquanto aproximam-se da eleição presidencial americana. Estados Unidos, Europa e China avançam +1,4%, +1,6% e +1,2%, respectivamente, enquanto o dólar cai +0,5% e o ouro sobe +0,2%, aumentando o posicionamento para um cenário de mais estímulos fiscais. Os efeitos da segunda onda de medidas restritivas na Europa seguem o principal destaque na economia mundial. Ontem o Primeiro Ministro inglês Boris Johnson afirmou não ter outra alternativa senão uma segunda rodada de lockdown no país. O consenso dos analistas de mercado já espera contração do PIB em muitos países da Europa no quarto trimestre do ano. O destaque do noticiário internacional nesta terça-feira é a eleição americana, que será oficialmente realizada hoje. Vale lembrar, porém, que mais de 97 milhões de eleitores (70% do número total de eleitores de 2016) já votaram por antecipado ou por correio. As pesquisas nacionais continuam apontando apara uma vitória democrata, com vantagem entre 6,7% e 8,4% para Joe Biden, segundo os principais agregadores. Ressaltamos ainda que dado o alto número de votos por correio e diferentes regras para contagem, há uma relevante possibilidade de que a disputa não se defina hoje ou amanhã. A chave hoje será monitorar os resultados na Flórida, Arizona e Carolina do Norte, estados que costumam contar os votos rapidamente. Hoje de manhã, nós publicamos um guia para a noite de eleições, onde, em forma de perguntas e respostas, respondemos quem deve ganhar, como estão as pesquisas e quais estados acompanhar mais de perto. No Brasil, o Senado deve votar o projeto de independência do Banco Central hoje, um importante avanço institucional para o país. Em contrapartida, o presidente da Câmara Rodrigo Maia sugeriu que a análise de novas reformas, inclusive a PEC Emergencial, deve ficar para 2021. Teremos impacto também das entrevistas de Rodrigo Maia, na sexta e ontem, em que ele reafirmou que não pautará nenhum tipo de extensão de estado de calamidade ou de orçamento de guerra, mas anunciou que pretende levar ao plenário, depois das eleições municipais, a medida provisória que estendeu o auxílio emergencial até dezembro — se a medida for mesmo pauta, haverá pressão pela alteração no valor do benefício, que passou de R$ 600 para R$ 300 nos últimos meses do ano. Na economia, os resultados fiscais continuam se deteriorando, refletindo a resposta à Covid-19. O déficit primário atingiu 9% do PIB nos 12 meses terminados em setembro, enquanto a dívida bruta escalou para 90,6% (ante 75,8% no final do ano passado). Do lado das empresas, elevamos a nossa recomendação de Tenda (TEND3) de Neutro para Compra, com o preço-alvo de R$37,2/ação, o que representa um potencial de valorização de 38% sobre o último preço de fechamento. Em nossa opinião, a combinação da recente correção dos preços da ação e a melhora significativa de sua performance operacional nos últimos meses criou uma oportunidade de entrada no papel, que hoje está negociando a múltiplos atrativos de 1,9x valor de mercado pelo valor patrimonial e 10,4x preço sobre lucros de 2021. A Ânima Educação informou ontem em fato relevante a assinatura do contrato de aquisição dos ativos da Laureate no Brasil a um EV de R$ 4,6 bilhões (incluindo o valor da multa de R$180 milhões a ser pago para a Ser Educacional). Com o movimento, a empresa acrescentará aproximadamente mil vagas em medicina ao seu portfólio. A companhia também divulgou que a FMU (um dos ativos da Laureate no Brasil) deverá ser vendida pelo montante de R$500 milhões, além da potencial sinergia de aproximadamente R$230 milhões a ser capturada até 2026 e podendo representar um valor presente líquido de R$126 milhões. Durante o mês de outubro, as preocupações em relação à pandemia voltaram a pressionar os mercados no mundo todo, com o índice MSCI Global recuando -3,1%, a Europa -5,2% e, nos EUA, o índice S&P500 fechando em queda de -2,8%. No Brasil, o Ibovespa seguiu o movimento global ao final do mês, recuando -7,8% desde o pico em 22 de outubro, mas conseguiu segurar, encerrando o mês com queda de apenas -0,7% em moeda local e -2,7% em dólares. Dado o aumento das incertezas e aversão a risco, esperamos que os mercados continuem voláteis no curto prazo. Apesar de enxergamos o “valor justo” do Ibovespa em 115,000 pontos, esperamos que o índice chegue nesses níveis apenas na metade de 2021. Nesse mês, estamos realizando uma mudança na nossa Carteira Top 10 XP. Entra Tenda e sai Lojas Americanas. Relatório divulgado pela XP Investimentos

assessoria de imprensa XP Investimentos