HOME

NOTÍCIAS

Testes apontam que vacina da Pfizer contra o coronavírus é mais de 90% eficaz

Testes apontam que vacina da Pfizer contra o coronavírus é mais de 90% eficaz

Arek Socha por Pixabay

A Pfizer anuncia que a vacina contra o coronavírus, desenvolvida em parceria com o grupo BioNTech, demonstrou “evidência inicial de eficácia” contra a doença em pacientes que não tiveram a Covid-19 confirmada antes dos testes, segundo divulgado pela Rádio BandNews Fm Segundo a farmacêutica, a “eficácia na maioria dos participantes, dados seguros e uma produção consistente” são os três fatores necessários para o pedido de uso emergencial da vacina, que a empresa pretende solicitar nos Estados Unidos. Em comunicado, a Pfizer disse que “Esse é um passo inicial, mas crucial, enquanto continuamos o trabalho para tentar entregar uma vacina segura e eficaz contra o coronavírus”. Segundo a empresa, os testes apresentaram mais de 90% de eficácia na prevenção do coronavírus. “Isso significa que a proteção é alcançada 28 dias após o início da vacinação”, diz o comunicado. O estudo teve mais de 43,5 mil participantes, sendo que 42% apresentaram algum efeito colateral leve, o que não gerou “preocupação série de segurança”. A análise continua sendo feita pela farmacêutica e a expectativa é de que o resultado final saia na terceira semana deste mês. O CEO da Pfizer, Albert Bourla, declarou que hoje “é um grande dia para a ciência e a humanidade”: “A primeira parte dos resultados da fase 3 da pesquisa da vacina contra o coronavírus traz uma evidência inicial da capacidade do nosso imunizante de prevenção contra o coronavírus”.

Divulvago por Rádio BandNews Fm