HOME

NOTÍCIAS

Ford anuncia seu novo lançamento, a van E-Transit 100% elétrica

Ford anuncia seu novo lançamento, a van E-Transit 100% elétrica

Reprodução Ford

A Ford anunciou a chegada da E-Transit - versão elétrica de sua van versátil e mais vendida no mundo. O veículo é projetado para compradores comerciais e de trabalho - uma parte importante de seus negócios e uma área de crescimento chave sob o novo CEO da Ford, Jim Farley. Ela visa atender as demandas das frotas de entregas diariamente com 350 km de autonomia. Seu motor elétrico gera 269 cv de potência e torque de 43,8 kgfm. O modelo tem tração traseira, e seu design - com a bateria instalada sob o assoalho - garante o mesmo espaço para carga da versão diesel. De 10%, a bateria consegue subir para 80% de carga em apenas 34 minutos. Sua recarga completa leva 8,2 horas “Nossos negócios comerciais em geral são absolutamente essenciais para a empresa”, disse Ted Cannis, gerente geral de negócios comerciais da Ford América do Norte, ao canal americano CNBC, acrescentando que o veículo será lucrativo. “Nosso objetivo era clientes que tinham que fazer um trabalho de verdade.” A Ford Motor espera que sua nova van totalmente elétrica Transit a ajude a manter sua liderança em vans comerciais à medida que novos e antigos concorrentes entram no mercado emergente. O E-Transit deve chegar no final do ano que vem. Espera-se que faça parte de um novo segmento de vans de trabalho totalmente elétricas usadas para entregas, manutenção e outros serviços pela Amazon , United Parcel Service e outras empresas que desejam mudar suas frotas de veículos de gasolina ou diesel para elétricos. Esta nova versão da Transit contribui com a meta da montadora norte-americana de até 2050 ser neutra na emissão de carbono. O modelo também faz parte do investimento global de mais de US$ 11,5 bilhões da Ford em veículos elétricos até 2022. A E-Transit será produzida na fábrica da montadora em Kansas City, EUA, para lançamento na América no Norte no final de 2021. Na Europa, a Turquia será responsável pela produção do veículo, que chega ao mercado em 2022.

Da Redação