HOME

NOTÍCIAS

Instituto Ronald McDonald e GoCase se unem

Instituto Ronald McDonald e GoCase se unem

Divulgação Instituto Ronald McDonald´s e Gocase

A união é em prol da luta contra o câncer infantojuvenil Cada vez mais as compras online viraram uma necessidade e continuam em alta no hábito de consumo do brasileiro, ainda mais no período de isolamento social por causa da COVID-19. E que tal adquirir produtos sem sair de casa e ainda ajudar milhares crianças e adolescentes com câncer? Esse é o principal objetivo do projeto "Go For Good", idealizado pela Gocase, empresa especializada na venda de acessórios personalizados que, como forma de ajudar a aumentar as chances de cura do câncer infantojuvenil no país, criou uma estampa exclusiva para o Instituto Ronald McDonald, lançada no dia 20 de agosto. Toda a compra de cases para celular da coleção, personalizadas com o tema Conecte-se ao Amor, terá 20% do valor revertido para a causa do câncer infantojuvenil no Brasil. Para adquirir sua case, basta acessar: bit.ly/capinhairm. As estampas personalizadas são produzidas com alta qualidade de impressão, com TPU maleável (silicone maleável), protegendo o smartphone contra impactos, arranhões e sujeira ocasionados no cotidiano. "Todo dia é um novo dia para nos expressarmos e transformarmos tudo ao nosso. A Gocase nasceu com esse propósito. E, com uma vontade incansável de gerar um impacto colorido no mundo, o Go For Good chegou. Uma coleção para nos aventurarmos em uma corrente de amor, arte e solidariedade, conectando Ong’s com causas incríveis a pessoas maravilhosas: nossxs golovers. Estávamos contando os dias para compartilhar essa novidade e convidar todos a seguir junto com a gente, fazendo a diferença, rumo ao bem. Afinal, existe melhor forma de se expressar do que fazendo o bem?", compartilha Aigon Pinho, coordenador de marketing da Gocase. Com a missão de promover a saúde e a qualidade de vida de crianças e adolescentes com câncer, o Instituto Ronald McDonald, organização que depende exclusivamente de doações, é uma das principais instituições que atuam em prol da causa no Brasil. Somente em 2019, foram realizados cerca de 95 mil atendimentos, nas 5 regiões do país, impactando 21 estados e 43 municípios. No entanto, mais do que nunca o Instituto precisa de ajuda para continuar seu trabalho e apoiar sua rede de casas de apoio e hospitais parceiros. Por conta da pandemia, a organização suspendeu algumas campanhas e eventos de arrecadação previstos para o primeiro semestre de 2020. A decisão foi tomada a fim de reduzir a propagação do contágio da doença, em conformidade com as medidas adotadas pelo Ministério da Saúde e o Governo do Estado do Rio de Janeiro. "Mais uma parceria muito especial, que vai ajudar a trazer esperança para milhares de crianças em tratamento e suas famílias. Neste momento desafiador que estamos passando, mais do que nunca precisamos de ajuda, pois a atenção e o cuidado com os pequenos pacientes oncológicos, que estão no grupo de risco da COVID-19, são fundamentais", destaca Helen Pedroso, diretora executiva do Instituto Ronald McDonald. CHANCES DE CURA O câncer, hoje, é a doença que mais mata crianças e adolescentes de 1 a 19 anos no país, segundo o Instituto Nacional de Câncer. A chance média de sobrevivência à doença é estimada, pelo Inca, em 64%. Porém, as chances não são as mesmas em todas as regiões do país. Conforme o levantamento, enquanto as chances médias de sobrevivência nas regiões Sul são 75% e na região Sudeste são 70%, nas Regiões Centro-Oeste, Nordeste e Norte elas são 65%, 60% e 50%, respectivamente.

assessoria de imprensa