HOME

NOTÍCIAS

Eurocâmaras Brasil reforça apoio ao acordo entre UE e Mercosul em carta aos blocos econômicos

Eurocâmaras Brasil reforça apoio ao acordo entre UE e Mercosul em carta aos blocos econômicos

Imagem: Wikimedia Commons/ reprodução

A Eurocâmaras, representante de seis mil empresas europeias, com 3 milhões de trabalhadores no Brasil e coordenadora das 20 Câmaras de Comércio e Indústria dos países da União Europeia no Brasil, enviou uma carta aos representantes dos blocos da União Europeia e Mercosul em apoio à ratificação do acordo comercial entre os dois blocos. A Eurocâmaras acredita ser imprescindível que o livre comércio entre os blocos saia do papel e vire realidade. "É fundamental que sejam dados os passos necessários para que esse acordo seja ratificado e finalmente o livre mercado se torne uma realidade. Esse é o desejo dos empresários e trabalhadores das empresas europeias no Brasil", diz trecho da carta. O documento, assinado pelo presidente da Câmara Espanhola e atual presidente da Eurocâmaras do Brasil, Marcos Madureira, e o presidente da Câmara Francesa, no cargo de Vice-presidente da associação de empresas européias, Stéphane Engelhard, atesta que a continuidade do acordo trará um impulso ao desenvolvimento econômico das nações envolvidas, por meio da geração de emprego, aumento de investimentos e comércio, além de possibilitar parcerias benéficas para as áreas de educação, pesquisa e tecnologia. "Com os acordos estamos transformando a competição em cooperação", pontua trecho da carta que discorre sobre os benefícios finais que o acordo apresenta para a população. Com grandes ressalvas aos temas que dizem respeito a preservação do meio ambiente, as empresas reconhecem a política responsável que o país segue desde a Conferência do Rio em 1992 e destacam as iniciativas e ações sustentáveis das empresas europeias e o apoio integral ao Acordo de Paris e aos demais acordos internacionais na área. Entre os representantes que receberam a carta de apoio está o presidente Jair Bolsonaro; o seu colega do Uruguai, Luis Lacalle Pou, atual presidente do Mercosul; Angela Merkel, chanceler alemã no cargo de presidente da União Européia; Ursula Gertrud von der Leyen, presidente da Comissão Europeia; Charles Michel, presidente do Conselho da União Europeia; David Sassoli, presidente do Parlamento Europeu; e Ignacio Ybáñez Rubio, Embaixador da UE no Brasil.

assessoria de imprensa Eurocâmaras