HOME

NOTÍCIAS

CEO da Bolsa de Valores de Tóquio renunciou ao cargo pela recente queda do sistema

CEO da Bolsa de Valores de Tóquio renunciou ao cargo pela recente queda do sistema

Reprodução

O presidente e CEO da Bolsa de Valores de Tóquio, Koichiro Miyahara, decidiu renunciar ao cargo devido a uma falha no sistema que causou uma suspensão de um dia sem precedentes na bolsa no mês passado, informou o jornal Nikkei. A paralisação em 1º de outubro lançou uma sombra sobre a credibilidade da bolsa, já que o primeiro-ministro Yoshihide Suga priorizou a digitalização e abalou as esperanças de Tóquio de impulsionar a posição do país como centro financeiro global. Akira Kiyota, CEO do Japan Exchange Group (JPX), que opera a Bolsa de Valores de Tóquio, permanecerá e também atuará como presidente da bolsa de Tóquio, disse o Nikkei. JPX não quis comentar. Kiyota deve dar uma coletiva de imprensa, após um briefing da Agência de Serviços Financeiros, que deve emitir uma ordem de melhoria de negócios após a falha do sistema. Os reguladores financeiros realizaram no mês passado uma inspeção local na bolsa para investigar as causas da interrupção. A interrupção das negociações durante todo o dia foi a pior interrupção de todos os tempos desde que o terceiro maior mercado de ações do mundo mudou para negociações totalmente eletrônicas em 1999. A bolsa havia dito anteriormente que a falha era resultado de um problema de hardware no sistema de negociação “Arrowhead” da bolsa e uma falha subsequente para mudar para um backup. A bolsa também disse que um comitê recém-formado elaborará novas diretrizes até março do ano que vem sobre como reiniciar as negociações após uma falha do sistema. Divulgado pelo cnbc

Redação