HOME

NOTÍCIAS

MGC Holding adquire a Credigy no Brasil

MGC Holding adquire a Credigy no Brasil

Divulgação

A MGC Holding assume as operações da Credigy no Brasil. A empresa, uma das pioneiras no país na cobrança de créditos vencidos em 2001 e referência no segmento em 2003, reúne em sua base mais de 16.4 milhões de CPFs e R$ 32,2 bilhões em direitos creditórios oriundos de diferentes instituições financeiras, varejistas e telefonia. A operação, que levou mais de 1 ano para ser concluída, foi oficializada em 29 de outubro de 2020. Agora, a Credigy Brasil passa a se chamar Crediativos, seguindo os passos de atuação do grupo, que já faz a gestão inteligente e recuperação de créditos inadimplidos desde 2015. Com a aquisição, a MGC passa a deter carteiras da ordem de R$ 40 bilhões em direitos creditórios e cerca de 19 milhões de contratos, tornando-se a maior participante não vinculada a bancos do mercado de créditos estressados de consumo no Brasil. Apesar dessa liderança no mercado de varejo, a MGC atua em outros nichos de special situations, tais como aquisição de créditos judiciais, precatórios, operações estruturadas de endividamento corporativo e gestão de carteiras em parcerias no mercado. Os sócios da MGC são executivos de longa experiência na área de recuperação de crédito e tecnologia aplicada ao mercado de cobrança. Eduardo Martins e Geraldo Castilho atuaram, por exemplo, na criação da Ativos S.A., do Banco do Brasil e coordenaram importantes áreas de reestruturação de ativos da instituição. Já Waldir de Santis foi executivo que esteve à frente das áreas de tecnologia da Serasa Experian e Boa Vista SCPC, onde desenvolveu plataformas de soluções em crédito e cobrança. "O mercado de special situations vem apresentando grande crescimento no país por ser contracíclico. Em razão da depreciação da economia em plena pandemia, os bancos aumentaram de forma expressiva os seus provisionamentos, esperando grandes perdas. Em algum momento, precisarão ceder suas carteiras, como forma de limpar os seus balanços", afirma Geraldo Castilho. "Um dos nossos diferenciais é a expertise dos sócios nesse segmento e o sistema de inteligência para precificar carteiras. Isso nos permitiu crescer em volume de negócios, sempre atuando de maneira independente, com capital próprio", explica Eduardo Martins. Para 2021, a MGC Holding pretende continuar em ritmo acelerado na expansão das operações da Crediativos e já vem analisando diversas outras oportunidades de aquisição de carteiras. "Agora que conquistamos a posição de liderança neste mercado independente queremos investir em mais comunicação, fluxo digital e, pensando na LGPD, política de segurança robusta para os clientes em nossas plataformas de cobrança. Isso vai resultar em vantagens negociais aos consumidores, contribuindo para a melhora do crédito e a economia do país", afirma Waldir de Santis.

assessoria de imprensa MGC Holdi