HOME

NOTÍCIAS

Banco do Brasil e Nubank ganham o título de melhor Banco Digital do Brasil

Banco do Brasil e Nubank ganham o título de melhor Banco Digital do Brasil

Reprodução

BB Digital (Banco do Brasil) foi escolhido como o melhor Banco Digital do Brasil, segundo votação popular do iBest, que premia as melhores iniciativas do universo digital brasileiro. Ela disputou com o Banco Inter e Nubank na votação popular. Já na eleição da Academia, que é decidida por um júri de especialistas, o vencedor foi Nubank, que concorreu com Banco Inter e Itaú. " O Banco do Brasil mostrou que um grande banco tradicional pode competir e ter a melhor percepção de qualidade, mesmo em um mercado com grande inovação e renovação como o de bancos. Ao mesmo tempo, o Nubank, com o prêmio da Academia, mostra estar preparado para o protagonismo que caminha para ter no setor " aponta Marcos Wettreich, CEO do iBest. "Este é um mercado que há décadas é concentrado em poucos players, mas que agora se encontra em um momento de transição, onde novos líderes estão sendo moldados", complementa Wettreich. Novamente assumindo a posição de maior prêmio da internet brasileira, em seu retorno depois de doze anos, o prêmio iBest finalizou a edição de 2020 com números sólidos - mais de 2 milhões de votos certificados e a mobilização da maior parte das 500 melhores iniciativas digitais do Brasil em campanhas próprias de estímulo à votação. O Prêmio iBest aponta os melhores do Brasil em duas votações paralelas: uma de acordo com a percepção popular e outra de um júri de especialistas (a Academia iBest). Como critério de qualificação para ambas, os dez finalistas (os iBest Top 10) foram definidos através de um algoritmo proprietário do iBest que calcula a presença e o engajamento nas principais redes sociais. Foi a partir dessa lista que o público e o júri de especialistas escolheram as iniciativas digitais que considera as melhores de cada categoria. Foram 50 categorias na edição 2020, refletindo as mais relevantes tendências e interesses dos brasileiros nos setores de e-commerce, serviços e conteúdo. Para 2021, o número de categorias será ainda maior, incorporando outras áreas de alta relevância no universo digital do Brasil.

assessoria de imprensa iBest