HOME

NOTÍCIAS

Haribo completa 100 anos

Haribo completa 100 anos

Divulgação

Em dezembro de 2020, a Haribo celebra 100 anos de existência. Criada em 13 de dezembro de 1920 por HAns RIegel, no quintal da sua casa, na cidade de Bonn, na Alemanha, a Haribo começou com a produção de pastilhas, mas mudou rapidamente para balas de gelatina, que na época era uma novidade. No Brasil, na contramão da categoria de confeitos de açúcar que acumulam uma queda de -27% no acumulado do terceiro trimestre de 2020, a categoria de balas de gelatina foi a única que apresentou crescimento, e apesar do ano difícil, a Haribo Brasil cresceu 10% em 2020 em comparação com o ano anterior. No cenário mundial, segundo a Nielsen, até o terceiro trimestre, a marca acumula um crescimento geral de 19,4% dentre 14 países avaliados. De acordo com Alexandre Nedel, Diretor de Marketing e Vendas da Haribo no Brasil, o ano de 2020 representou grandes desafios e o crescimento em dois dígitos demonstra o comprometimento das equipes e assertividade das decisões tomadas. "A pandemia trouxe mudanças significativas na dinâmica do varejo assim como no hábito de consumo. E foi fundamental adequar de forma ágil a estratégia da companhia nesse novo cenário. Isso nos permitiu ter um bom ano e seguir inovando na categoria. A Haribo está fortalecendo seu plano de inovação, com investimento em distribuição, visibilidade da marca no país e seu conhecimento de liderança em vendas no mundo". Dentre as ações realizadas este ano, a Haribo apostou em lançamentos inéditos na categorias de balas de gelatinas, com produtos lúdicos, que incentivam a interação, como Letrinhas e Aviões e acaba de lançar Sports Time, que oferece energia para as atividades diárias, com duas combinações de sabores exclusivas: tangerina com gengibre e uva verde com coco. Além dos lançamentos, a Haribo investiu em ativações com influenciadores como Clara Castanho e Geek Publicitário e desenvolveu campanhas como a "Me Patrocina Haribo". Segundo Alexandre Nedel, outro destaque para 2020 foi a expansão da linha de produção da fábrica brasileira. "Com esse investimento, nossa capacidade de fabricação anual passou para 1800 toneladas de regaliz, gerando 36 novos empregos diretos e a expectativa é que esse número aumente significantemente pois, além de atender a demanda nacional, também ampliaremos a nossa capacidade de exportação para os Estados Unidos". Ele também reforça a tradição da marca em oferecer sempre a melhor qualidade combinada às preferências dos consumidores de cada país. "Importamos máquinas de embalagens que foram desenvolvidas exclusivamente para atender a demanda nacional, sendo a primeira fábrica do grupo a possuir essa tecnologia com selagem quádrupla que além de garantir um fechamento hermético perfeito, preserva a qualidade do produto". Para o próximo ano, o Diretor de Marketing e Vendas estima um crescimento sólido. "Para isso se concretizar, já temos elaborado um forte calendário de inovações e ativações para movimentar o primeiro trimestre, para impulsionar ainda mais o crescimento da Haribo no Brasil", finalizou o Diretor de Vendas e Marketing da Haribo no Brasil.

assessoria de imprensa Hasbro