HOME

NOTÍCIAS

Amazon transmite vídeo em 4K de satélite com uma antena protótipo para sua rede Kuiper de internet

Amazon transmite vídeo em 4K de satélite com uma antena protótipo para sua rede Kuiper de internet

Amazon

A Amazon ultrapassou um marco inicial crítico no desenvolvimento do hardware necessário para sua rede de internet via satélite do Projeto Kuiper , anunciou a empresa. A gigante de e-commerce e tecnologia de Jeff Bezos disse que sua equipe Kuiper concluiu o desenvolvimento inicial da antena que será alojada em seu “terminal de cliente de baixo custo”, que conectará os usuários à rede da Amazon. O Projeto Kuiper representa o plano da Amazon de lançar 3.236 satélites de internet em órbita baixa da Terra - um sistema que competiria com a rede Starlink da SpaceX . A Amazon disse que está testando em campo a antena Kuiper “em vários ambientes”, incluindo “streaming de vídeo com qualidade 4K de um satélite geoestacionário (GEO)”. Os satélites geoestacionários estão normalmente em órbita a cerca de 35.000 quilômetros da Terra, que a Amazon observou que está “aproximadamente 50 vezes mais longe” do que a órbita planejada para os satélites de Kuiper em cerca de 600 quilômetros. “Nosso protótipo já está entregando velocidades de até 400 Mbps, e o desempenho continuará a melhorar em iterações futuras”, escreveu a empresa em um blog. A empresa não divulgou o projeto completo do terminal do cliente. Em julho, a FCC (Sigla em inglês para Comissão Federal de Comunicações) autorizou a proposta da Amazon para a Kuiper , na qual a empresa afirma que vai investir mais de US $ 10 bilhões para construir. A rede da Amazon começaria a oferecer serviço assim que 578 satélites estivessem em órbita, embora o Projeto Kuiper ainda não tenha finalizado o projeto de seus satélites e iniciado o lançamento. Até o momento, a SpaceX lançou cerca de 900 satélites Starlink - uma fração do total necessário para cobertura global, mas o suficiente para começar a fornecer serviços em algumas áreas, incluindo no noroeste dos Estados Unidos. Em outubro, a SpaceX iniciou um teste beta público do Starlink, com serviço custando US $ 99 por mês. Divulgado pelo CNBC

Da Redação