HOME

NOTÍCIAS

XP lança ETF que acompanha ações de empresas da China

XP lança ETF que acompanha ações de empresas da China

Reprodução

A XP lança o primeiro ETF (exchange-traded fund) do mercado brasileiro focado em China. O ETF será negociado na B3 sob o código XINA11 e buscará replicar índice MSCI China, composto por mais de 600 companhias chinesas, cobrindo dessa forma parte relevante do universo possível de investimentos em renda variável no país asiático. O lote mínimo é de uma unidade e custará inicialmente R$ 10. Além disso, possui taxa de administração de 0,30% ao ano e exposição ao dólar. “A transformação da China ao longo das últimas décadas em uma superpotência é impressionante. O ETF XINA11 permitirá aos brasileiros acesso inédito ao mercado acionário da China a partir de apenas R$ 10. A China é hoje a 2ª maior economia do mundo e, por isso, deve ser avaliada em uma carteira internacional bem diversificada”, afrima Fabiano Cintra, especialista de fundos da XP. O executivo acrescenta que a instituição vem estruturando e lançando uma série de novos ETFs, como forma de estimular o desenvolvimento desse mercado que, em países como os Estados Unidos, já é bastante desenvolvido. “No final de novembro, lançamos o 1º ETF Imobiliário do Brasil - XFIX11 - que busca reproduzir a carteira do índice IFIX da B3; Em apenas 2 semanas depois, anunciamos o GOLD11, 1º ETF de Ouro do Brasil, que tem como objetivo acompanhar a variação do ouro em dólar do índice LBMA Gold Price. A XP mostra assim seu grande comprometimento em trazer inovação ao mercado e democratizar os ETFs no Brasil”, destaca. O ETF é, basicamente, um fundo de investimento com cotas negociadas na Bolsa de Valores. Eles também são chamados de “fundos de índice”, um apelido que explica a funcionalidade desse tipo de investimento.

assessoria de imprensa XP Investimentos