HOME

NOTÍCIAS

XP Inc.e Wellington Management expandem parceria estratégica no Brasil

XP Inc.e Wellington Management expandem parceria estratégica no Brasil

Adam Radosavljevic por Pixabay

A XP Inc. anunciou o início da distribuição de cinco novas estratégias internacionais em parceria com a tradicional gestora americana Wellington Management. São elas: Wellington Asia Technology Equity, All China Focus Equity, Emerging Markets Development Equity, Strategic European Equity e Wellington GAIA (Multiestratégia Global), todas disponíveis tanto na versão em dólar (com variação cambial), quanto na versão em reais (com proteção cambial). Com esses lançamentos, a gestora finaliza o ano com 6 estratégias internacionais distribuídas na plataforma da XP Inc. para uma base de clientes cada vez mais ávida por acessar produtos desatrelados aos mercados tradicionais locais. Dois dos novos fundos, o Wellington Asia Technology e o All China Focus Equity têm como foco empresas que atuam no mercado asiático que ainda é pouco representativo nos índices globais, mas que vem apresentando um potencial de crescimento superior às demais regiões do mundo e se beneficiando de uma melhor gestão do Covid 19. O fundo Wellington Asia Technology possui posições, sobretudo, em empresas de origem asiática e que atuam em segmentos de tecnologia como telecomunicações, varejo on-line, semicondutores e hardware. Alguns exemplos dessas empresas são Samsung (Coreia), Alibaba Group (China), Tencent (também da China) e Infosys (Índia). A estratégia do fundo existe desde 2008, antecipando o crescimento da relevância da Ásia na cadeia logística global para produtos tecnológicos até então dominada pelo Ocidente. O fundo busca oportunidades de investimento em empresas que estão inovando e se beneficiando do crescimento da população de classe média asiática que até 2030 corresponderá a mais da metade da população da classe média do mundo. O Fundo Wellington All China Focus Equity possui como universo de investimento o mercado pujante de ações domésticas da China, e permite o acesso a esse mercado por meio de um portfólio concentrado de ações que representam a ‘Nova China’ e que devem se beneficiar do fortalecimento da classe média no país. Fazem parte do portfólio ações de empresas como as já mencionadas Tencent (de comunicação) e Alibaba Group (varejo on-line), além de outras como Wuliangye Yibin (alimentos e bebidas), Shanghai Airport (transportes) e Media Tek (empresa taiwanesa de semicondutores). A gestão do fundo é feita pelo time da Wellington que possui experiencia e presença local há mais de dez anos, com expertise para navegar as incertezas locais e entregar uma performance diferenciada. Já o Strategic European Equity Fund possui, em sua carteira, empresas de origem europeia que atuam em diversos setores, tais como Novartis (farmacêutica de origem suíça), Heineken (empresa de bebidas holandesa) e Alfa Laval (companhia de bens de capital originária da Suécia). O fundo possui um longo histórico, tendo sido lançado em 2014 contando com US$ 1 bilhão em Ativos Sob Gestão, com foco em investir em empresas que apresentam vantagens competitivas, perspectivas de crescimento e valuations atrativos. O fundo se apresenta como uma alternativa de investimento em um mercado tradicionalmente conhecido por possuir empresas líderes globais, com forte liderança em inovação, mas que ainda apresenta valuations baratos com relação aos demais mercados desenvolvidos. Os outros dois fundos são mais diversificados em termos de região de domicílio das empresas. O Emerging Markets Development Fund, focado em empresas domiciliadas em países emergentes, oferece uma proposta diferenciada de exposição do investidor aos mercados emergentes, por meio de investimento em temas de longo prazo relacionados ao desenvolvimento econômico e fortemente alinhados aos princípios de sustentabilidade. Os ativos no portfólio são empresas de setores como a healthcare, robótica e conectividade digital que vem se posicionando de forma diferenciada nos critérios de sustentabilidade, inclusão social, melhoria da qualidade de vida, e aumento de produtividade. Em frente a pandemia do Covid, essa estratégia, que foi criada antes dos “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU” (UN SDGs), deve se beneficiar do aumento da consciência social e cidadania nos países em que atua. Por fim, o Wellington GAIA, que conta com um time de mais de 20 gestores, adota o modelo de multe estratégia global, pois busca explorar diferentes modalidades de hedge funds em todo o mundo, com grande foco em Ações Long & Short, Crédito Long & short, Relative Value, Global Macro, entre outras. Todas as estratégias apresentam ao investidor oportunidades de valorização capturando as novas tendencias seculares, ao mesmo tempo que dá a ele o benefício da diversificação global. O cliente da XP Investimento poderá ter acesso a esses fundos com aportes iniciais de R$ 500 e movimentações de, no mínimo, R$ 1000. O responsável pela área de Fundos Internacionais da XP, Fabiano Cintra, destaca que, com a parceria, a XP aumenta sua oferta de fundos da gestora americana, oferecendo, ao investidor um amplo espectro de estratégia possíveis. “Estamos trazendo para os brasileiros o que há de melhor no mundo. Expandir esta parceria estratégica com a Wellington traz sofisticação e acesso diferenciado para muitos brasileiros, pois não é preciso abrir conta no exterior”. A Wellington é uma das maiores e mais tradicionais gestoras de recursos do Planeta, com quase 100 anos de experiência e US$ 1 trilhão em ativos sob gestão. “Nosso objetivo é continuar expandindo a parceria com a XP. Estamos trabalhando para ampliar nossa gama de oferta de produtos para o mercado brasileiro nos próximos anos”, destaca Lucinda M. Marrs, Sócia e Diretora do Grupo Global de Intermediários da Wellington Management Company, LLP. Todas as informações sobre as novas estratégias da Wellington podem ser acessadas no site da XP em https://www.xpi.com.br/investimentos/fundos-de-investimento/lista/#/.

assessoria de imprensa XP Inc.